Sociedade

Bairros da periferia ganham duas escolas

Hermínio Fontes | Benguela

Jornalista

Duas escolas primárias, construídas nos bairros 11 de Novembro (município de Benguela) e Cabaia (Catumbela), foram entregues, quarta-feira, ao Governo Provincial pela Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANPG), BP Angola e parceiros dos blocos 18 e 31.

17/09/2021  Última atualização 10H30
© Fotografia por: DR
Orçadas em 1.260.000 dólares, as referidas escolas, que foram baptizadas por BG–1025 e BG—0005, respectivamente, são constituídas, entre outros compartimentos, cada por oito salas de aula e campo polidesportivo e foram totalmente apetrechadas.

O vice-presidente sénior da BP Angola, Adriano Bastos, durante a inauguração, presidida pelo governador de Benguela, Luís Nunes, considerou que a educação pode transformar uma sociedade e colaborar para que as crianças possam ter um lugar digno onde aprendam a ler e a escrever.

Sobre as escolas, que tiveram obras durante dez meses, César Paxi Pedro, administrador da ANPG, assegurou que a instituição a que pertence reafirma o compromisso de junto com os parceiros continuar a apoiar o Governo de Benguela.

Para César Pedro, as escolas, com capacidade para acolherem cada 860 alunos, representam um passo importante para uma educação de qualidade, tendo em conta que "o ensino é essencial na promoção da estabilidade económica e social de qualquer Estado”.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade