Economia

BAD apoia países vulneráveis com 6,9 mil milhões de dólares

Os países mais pobres de África vão receber 7,6 mil milhões de dólares em ajuda financeira internacional, anunciou ontem o Banco de Desenvolvimento Africano (BAD).

07/12/2019  Última atualização 16H09
Dr

Os doadores do Fundo Africano de Desenvolvimento (ADF) decidiram, ontem, na África do Sul, garantir 7,6 milhões de dólares para "acelerar o crescimento económico nos países mais pobres de África e ajudar a tirar milhões de pessoas da pobreza", refere o BAD em comunicado divulgado na capital económica sul-africana.
Segundo o banco, trata-se da décima quinta reposição realizada pelo ADF (ADF-15), que representa um aumento de 32 por cento em relação ao ciclo anterior. “É um forte sinal de confiança no Fundo, que é a janela de concessão do Grupo do Banco Africano de Desenvolvimento”, lê-se na nota.
O ADF-15 abrange o período 2020-2022 e vai apoiar os países mais vulneráveis no continente africano “combatendo as causas principais da fragilidade, fortalecendo a resiliência e integrando questões transversais”, salienta a nota.
O documento acrescenta que “prestará atenção especial à igualdade de género, mudança climática, sector privado e promoção da boa governação.”
O investimento anunciado será direccionado especificamente para regiões como o Sahel, que terão um aumento de 23 por cento nos recursos do ADF no próximo período, salienta o BAD.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia