Cultura

Aylasa cativa a plateia no “Há Jazz no Museu”

Analtino Santos

Jornalista

A cantora Aylasa esteve em destaque na segunda edição do “Há Jazz no Museu”, projecto de quatro concertos intimistas que o Goethe-Institut Angola realiza no pátio do Museu Nacional de Antropologia.

20/09/2021  Última atualização 09H35
Cantora fez uma viagem por várias clássicos da música © Fotografia por: Edições Novembro
Para esta edição, a organização convidou Jackies D e Tani Sax como os instrumentistas, para acompanharem, durante hora e meia, a cantora, que começou por interpretar "Misty”, de Ella Fitzgerald, e "What a Wonderfull World”, de Louis Armstrong.
Depois, Aylasa fez um passeio pela bossa nova e por clássicos angolanos, como "Esperança”, de An-dré Mingas.

Os instrumentistas convidados aproveitaram para mostrar talento na arte do canto, interpretando temas do brasileiro Djavan.
Com o espectáculo, a cantora sucede o guitarrista Carlos Praia e abre o caminho para o próximo convidado, Gari Sinedima, cujo concerto acontece no dia 7 de Outubro.

"Há Jazz no Museu” é um projecto que busca promover artistas conhecidos e desconhecidos deste estilo em Luanda, com o Museu Nacional de Antropologia como o foco principal dos espectáculos, numa tentativa de tornar o local num dos novos pontos culturais da capital. As receitas obtidas com a venda dos bilhetes são  para o museu.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura