Coronavírus

Aumento de casos é preocupante

O secretário do Alto Comissariado para a Covid-19 na Guiné-Bissau considerou ontem que o aumento de casos no país é “preocupante” e salientou que está relacionado com o incumprimento das medidas de prevenção.

03/08/2021  Última atualização 09H42
© Fotografia por: DR
O aumento de casos e registo de mais vítimas mortais "demonstra o que temos vindo a dizer”, que "a Covid-19 existe, ainda está em circulação e o que justifica este aumento de casos é que as pessoas não cumprem minimamente as recomendações”, afirmou à Lusa Plácido Cardoso.

"A situação é preocupante”, afirmou o médico, apelando às pessoas para não só respeitarem as medidas de prevenção da doença, como também aderirem à vacinação.
"Quanto mais pessoas estiverem vacinadas mais imunidade temos”, disse.

O médico explicou que o Alto Comissariado está a preparar a chegada de mais vacinas contra a Covid-19 para iniciar a imunização em todas as regiões sanitárias no país.
Actualmente, a vacinação decorre apenas no Sector Autónomo de Bissau, Biombo e Bafatá, regiões onde há mais registos de casos.

A Guiné-Bissau registou desde o início da pandemia 4.498 casos e 76 vítimas mortais, duas delas na última semana.
As últimas semanas no país têm sido caracterizadas por um aumento de  casos, tendo o Alto Comissariado considerado já tratar-se da terceira vaga da pandemia.

A pandemia de Covid-19 provocou pelo menos 4.227.765 mortos em todo o mundo, entre mais de 198,2 milhões de infecção pelo novo coronavírus, segundo o balanço mais recente da agência France-Presse.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Coronavírus