Mundo

Ataque a petroleiro na costa de Omã causou duas mortes

Dois membros da tripulação de um petroleiro morreram num ataque na noite de quinta-feira na costa de Omã, no Mar da Arábia, informou hoje o proprietário do navio, a Zodiac Maritime.

30/07/2021  Última atualização 16H46
© Fotografia por: DR
"Com grande tristeza soubemos que o incidente a bordo do M/T Mercer Street resultou na morte de dois tripulantes: um romeno e um britânico", anunciou na rede social Twitter a Zodiac Maritime, empresa internacional com sede em Londres.

De acordo com o 'site' das operações de comércio marítimo da marinha britânica (UKMTO), o ataque ocorreu quando o petroleiro se deslocava a cerca de 152 milhas náuticas (280 quilómetros) da costa de Omã.

Um porta-voz do Ministério da Defesa britânico já confirmou que está a decorrer uma investigação, depois de ter anunciado que há "suspeitas de pirataria" a bordo do M/T Mercer Street.

"No momento do incidente, o navio estava no norte do Oceano Índico, navegando de Dar es Salaam (Tanzânia) para Fujairah (Emirados Árabes Unidos), sem carga a bordo", esclareceu o Ministério da Defesa do Reino Unido.

O proprietário do navio é japonês e o navio é gerido pela base britânica da Zodiac Maritime, que pertence ao empresário israelita Eyal Ofer, um dos homens mais ricos do planeta, segundo a revista Forbes.

O incidente com este navio mercante israelita ocorre quando há um aumento das tensões sobre o acordo nuclear do Irão e as negociações para restaurar este pacto estão paralisadas em Viena.

Desde que o então Presidente norte-americano, Donald Trump, retirou unilateralmente os Estados Unidos do acordo em 2018, tem havido nesta região uma série de ataques a navios.

Outros navios israelitas também foram alvejados nos últimos meses no meio da tensão entre as duas nações, com autoridades israelitas a culpar o Irão pelos ataques.

Os meios de comunicação iranianos não divulgaram, até ao momento, qualquer notícia sobre este incidente.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo