Cultura

Associação do Carnaval realiza oficinas em Luanda

Amilda Tibéria

A Associação Provincial do Carnaval de Luanda (APROCAL) pretende criar oficinas nos municípios e distritos da capital do país, que se encontram fora do conceito carnavalesco, afirmou o seu presidente Tani Narciso.

01/07/2021  Última atualização 08H00
Grupos carnavalescos da capital querem que a APROCAL imprima nova dinâmica nos desfiles © Fotografia por: Edições Novembro
Falando à imprensa, à margem da reunião de auscultação com os presidentes dos grupos e blocos de animação, sobre a preparação e realização do Carnaval de 2022, em Luanda, Tani Narciso disse que o objectivo da reunião foi  discutir algumas dificuldades que os grupos enfrentaram durante a realização dos desfiles anteriores do Entrudo luandense carnavais anteriores, com vista a melhor a próxima edição da maior manifestação cultural do povo.

O secretário-geral da APROCAL, António de Oliveira,  descreveu o programa geral do Carnaval de Luanda, edição 2022, no qual constam, entre 10 do mês em curso e 30 de Setembro, a "Realização de oficinas  do Carnaval aos fins de semana”, "Encontros de trabalhos com os patrocinadores e parceiros do Carnaval”e o "Início das comemorações do 26º aniversario da APROCAL” e "Assalto ao Carnaval 2022”. 

O desfile central do Carnaval em Luanda realiza-se, de acordo com o calendário, a 1 de Março de 2022, terça-feira (feriado nacional) e termina no sábado seguinte com a entrega de prémios aos grupos vencedores. Durante a reunião alguns presidentes de grupos de Carnaval levantaram assuntos que defendem dever ser incluídos no programa e reclamaram do valor atribuído para a alegoria, que não chega para suprir todos as despesas de feitura da mesma.

Com o objectivo de manter contacto directo com os grupos carnavalescos e inteirar-se do estado actual de organização e do seu funcionamento, a APROCAL realizou na segunda, terça-feira e ontem, visitas a sedes de alguns grupos.No primeiro dia foram visitadas as sedes dos grupos União Povo da samba e União Geração do Mar, do Distrito Urbano da Samba, e União Chá de Caxinde e União Mundo da Ilha, do Distrito Urbano da Maianga.

Na terça-feira, os grupos União Jovens do Mukuaxi, União 10 de Dezembro, União Amazonas do Prenda, União Jovens da Cacimba e União 54, todos do Distrito Urbano da Maianga, receberam a visita da APROCAL. Ontem foi a vez dos grupos União Kiela, Kabocomeu, Etu Mudietu, Cassules Os  Petrolíferos, todos do Distrito Urbano do Sambizanga.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura