Cultura

Artistas nacionais mostram criações em solo Israelita

Uma delegação de artistas nacionais actuou, na Gala da Fundação Menomadin, realizada domingo, no Museu de Arte de TelAviv, em Israel, tendo convencido e deixado rendidos os mais 400 convidados presentes na sala.

16/11/2022  Última atualização 14H58
Crianças e jovens angolanos exibiram talento no Museu de Arte de TelAviv, capital de Israel © Fotografia por: DR

O evento contou com a presença do fundador da Fundação Menomadin, Haim Taib, e dezenas de altas figuras de Israel e de todo o mundo, incluindo o ex-vice-presidente de Angola, Bornito de Sousa, que esteve em Israel para explorar parcerias e visitar universidades israelitas, e a ministra do Trabalho, Administração Pública e Segurança Social, Teresa Rodrigues Dias, que aproveitou a deslocação integrada numa missão de reconhecimento do nível de inovação na educação e tecnologia deste país.

Na gala marcaram, ainda, presença membros do Governo israelita, diplomatas e embaixadores de diversos países.

O grupo de 14 crianças e jovens participou no even-to, no âmbito do projecto "Ponte Cultural” entre Israel e África, da Fundação Arte e Cultura, ao lado da cantora gospel angolana Glória de Lú e do kudurista Evandro Raimundo. O projecto apoia os artistas na divulgação da cultura angolana em todo o mundo.

Estas crianças, que viajaram de Angola para Israel, têm aprendido dança e música, nos últimos três anos, na Fundação Arte e Cultura, em Luanda, que foi criada pelo Grupo Mitrelli e é gerida pela Fundação Menomadin.  Subiram ao palco com instrumentos musicais tradicionais que levaram para o evento e apresentaram um conjunto de danças, como forma de expressão da vida e da cultura angolana.

As crianças e jovens an-golanos dançaram e interpretaram temas da cultura nacional, um medley único do sucesso de Bob Marley, "One Love”, com a canção do cantor israelita Avraham Tal, "Kol Galgal”, que foi traduzida para português e kimbundu, e actuaram com a cantora de gospel angolana Glória de Lú.

Em cena esteve, ainda, a israelita produtora musical e artista Noa Zulu, considerada uma das melhores artistas do estilo didgerido do mundo, interpretando uma música original, criada em conjunto com Glória Lú e o kudurista Evandro Raimundo, com quem partilhou o palco, tendo cada um trazido um toque da sua cultura individual. Foi o reencontro depois da experiência vivida em Luanda, pela Noa Zulu.

O grupo chegou em Israel no dia 7 deste mês e chega hoje a Luanda. Na sua composição estão os melhores alunos das classes de música (instrumento e canto) e dança da Escola de Artes da Fundação Arte e Cultura.

O director artístico do projecto é o israelita Avner Hodorov, membro da banda de rock israelita Mashina. Hodorov conheceu as crianças e os artistas locais em Angola e tem sido responsável por várias iniciativas artísticas desenvolvidas através deste projecto desde a sua criação.

"Catorze crianças e adolescentes viajaram pela primeira vez na vida para visitar a Terra Santa. É difícil descrever o seu entusiasmo e a sua interacção com Avraham Tal no palco. A letra da música foi extraída do livro zohar do misticismo judaico, e traduzida para o português, para criar uma nova interacção de culturas, religiões e gerações, todas dentro de numa só canção.

O projecto "Ponte Cultural” pretendia reunir diferentes criadores e culturas sob um só tecto, um só palco, num espírito de pura criação artística.

O trabalho da Fundação Arte e Cultura é criar uma realidade nova e inspiradora para as crianças e famílias locais, e esta noite fomos abençoados com uma visão fascinante do impacto deste projecto em cada um dos seus participantes”, referiu Naama Margalit, directora-geral da Fundação Arte e Cultura, integrada na Fundação Menomadin.

A Fundação Menomadin investe fortemente no desenvolvimento das artes, cultura e economia em toda a África. As crianças que viajaram para Israel participaram num projecto musical,lançado para criar laços entre artistas de diferentes países e construir pontes culturais através de iniciativas partilhadas.

 

Fundação Arte e Cultura

Fundada no dia 25 de Janeiro de 2006, a Fundação Arte e Cultura tem o seu foco na inserção social das famílias em situação de vulnerabilidade e risco e no apoio às artes e à cultura angolana. Recentemente inaugurou o seu novo Cento Cultural e sede na Ilha de Luanda, onde centenas de crianças e adolescentes participam nas mais diversas áreas de formação, como as artes plásticas e o artesanato e corte e costura, música, nomeadamente guitarra, piano, percussão e canto, dança, ioga e ginástica, informática e superação escolar, entre outras actividades. A Fundação Arte e Cultura é parte integrante da Menomadin Foundation, representando o compromisso de responsabilidade social corporativa do Grupo Mitrelli, principal mecenas da Fundação.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura