Sociedade

Arroz desviado de Luanda foi apreendido no Uíge

Carla Bumba

Jornalista

Um total de 574 sacos de arroz de 25 quilos cada, furtados no Porto Seco em Luanda, por dois camionistas, foi apreendido domingo, pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC) da província do Uíge, para onde o produto foi desviado.

22/12/2020  Última atualização 11H10
574 sacos de arroz de 25 quilos furtados no Porto Seco em Luanda © Fotografia por: Edições Novembro
O director do Gabinete de Comunicação Institucional do SIC-Geral, superintendente Manuel Halaiwa, que prestou a informação ao Jornal de Angola, explicou que o produto foi retirado do porto dentro de um contentor.
O SIC no Uíge apreendeu a mercadoria num armazém, cuja proprietária, que foi detida e encaminhada  ao Ministério Público, é mãe de um dos camionistas. 

 Os operativos do SIC, segundo Manuel Halaiwa, estão a fazer diligências para deter os presumíveis criminosos, que se encontram em parte incerta.
 Ainda no domingo, efectivos do SIC e da Polícia no município do Uíge, impediram uma tentativa de roubo com recurso à arma de fogo a uma residência no bairro Catapa.

Manuel Halaiwa informou que a pronta intervenção das forças da ordem, mediante a uma denúncia anónima, feita por alguns cidadãos, impediram que os marginais retirassem bens da residência.
 Ao se aperceberem da presença da Polícia , os marginais colocaram-se em fuga, deixando na residência uma arma de tipo AKM .

Detidos  por vários crimes

Oito cidadãos, com idades entre os 18 e 22 anos, foram detidos  pela Polícia Nacional, acusados de crimes de roubo, furto e posse e consumo de estupefacientes, vulgo liamba, no município do Dande, província do Bengo. 

Segundo o director do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do SIC-Geral, superintendente Manuel Hailawa, os aludidos marginais foram detidos durante uma operação realizada nos bairros do  Kawango e Musseque Capari. Entre  eles consta um cidadão proveniente de  Luanda, acusado de roubar uma motorizada de marca Lingken com recurso à arma de fogo .  
Outros dois implicados são acusados de furtarem um televisor plasma e, um outro, de roubo de telemóvel à um cidadão  chinês.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade