Sociedade

Áreas do bloco operatório e de Raio X estão em obras

Arão Martins | Lubango

Jornalista

As áreas do bloco operatório e raio X do Hospital Evangélico de Caluquembe, província da Huíla, estão a ser modernizadas, no âmbito de um programa especial de reabilitação, ampliação e modernização em curso, levado a cabo , desde Abril, sob iniciativa da Presidência da República.

07/08/2022  Última atualização 14H15
Direcção da unidade sanitária recebeu apoio do Governo Provincial © Fotografia por: Arão Martins | Edições Novembro

O reverendo Dinis Marcolino Eurico, presidente da Igreja Evangélica Sinodal de Angola (IESA), que tutela a unidade clínica, disse que a intervenção abarca, igualmente, a vedação do perímetro do hospital, sistema de água e a instalação de um novo gerador.

Informou que o Hospital Evangélico de Caluquembe, que trabalha desde 1947, quando a IESA comemorou o jubileu, recebe pessoas vindas de todos os pontos do país, à procura de assistência médica e medicamentosa.

Antes da iniciativa do Presidente João Lourenço de reabilitar e modernizar as áreas chaves do hospital, a unidade beneficiava apenas de intervenções paliativas, fruto do esforço da própria Igreja.

O director clínico do hospital, Damião Kulivela Cacuti, informou que a instituição tem capacidade para 340 camas, das quais só 220 estão em uso.

Neste momento, a unidade presta serviços de maternidade, sanatório, pediatria, banco de urgência, cuidados intensivos, fisioterapia, testes e tratamento ao HIV, cirurgias e consultas externas, raio x e laboratório.

Damião Kulivela Cacuti ressaltou que, durante o primeiro semestre deste ano, o hospital atendeu 8.056 casos, dos quais 4.677 foram de pacientes com malária.

No mesmo período, em que o hospital realizou 1.005 cirurgias, a maternidade registou 524 partos, dos quais 385 normais e 139 cesarianas.

 

Salvar o hospital

O governador provincial da Huíla, Nuno Mahapi Dala, garantiu que as autoridades vão prestar maior atenção ao hospital, considerado uma base sólida para a investigação científica.

Esclareceu que o Presidente da República já autorizou o início de algumas obras nessa unidade e, independentemente de ter como prioridade a construção do primeiro Hospital Municipal de Caluquembe, cujas obras já começaram, o Governo viu a necessidade de se reabilitar e ampliar algumas áreas da estabelecimento clínico evangélico.

"Vamos trabalhar, para evitar que a referência do Hospital Evangélico de Caluquembe morra”, garantiu o governador, ao salientar que a unidade é orgulho do município.

Nuno Mahapi Dala reconheceu que a IESA é um parceiro inequívoco do Governo, com acções concretas nos sectores da Saúde, Educação, Agricultura e na moralização da sociedade.

Na ocasião, o Governo Provincial da Huíla entregou camas, medicamentos e equipamentos para a agricultura à instituição.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade