Sociedade

Apoios aos jovens criadores multiplicam

Os jovens criadores angolanos presentes na 4.ª edição do ANGOTIC-2024 foram incentivados a continuar a aposta em projectos transformadores.

15/06/2024  Última atualização 09H39
© Fotografia por: Edições Novembro

O Executivo angolano e o Ministério das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social (MINTTICS), em particuilar, também mereceram o elogio público do antigo Vice-Presidente da República.

Bornito de Sousa visitou, ontem, em Luanda, o Fórum Internacional de Tecnologia e Comunicação –ANGOTIC/2024, que decorre no Centro de Convenções de Talatona, desde quinta-feira e encerra hoje.

"Felicito, portanto, o Executivo angolano e muito particularmente, o Ministério, que tem, persistentemente, trabalhado nesse domínio. O interesse da nossa visita foi, sobretudo, encorajar os jovens que têm estado a mostrar iniciativas e criar startups”, disse.

O antigo vice-presidente da República disse que, depois da visita, sentiu um grande empenho de todos e, por esta razão, encorajou e desejou sucessos a todos.

Acompanhado pelo ministro das Telecomunicações Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Mário Augusto Oliveira, Bornito de Sousa passou pelo stand da Edições Novembro E.P, onde foi recebido pelo presidente do Conselho de Administração, Drumond Jaime.

Na ocasião, inteirou-se sobre os vários títulos que a Edições Novembro tem publicado e como anda o funcionamento da empresa.

No diálogo com o gestor da maior editora pública de jornais impressos, o antigo Vice-Presidente questionou também sobre os arquivos da Edições Novembro, tendo ficado a saber que a maioria já é digitalizado e que estão disponíveis para os leitores.

Drumond Jaime fez saber, também, que o surgimento da área de multimédia do Jornal de Angola, actualmente, tem sido a principal ferramenta de divulgação de informações para o exterior do país, o que tem impulsionado embaixadores a visitarem as instalações da empresa quando chegam a Angola.

 Aposta na Inteligência Artificial

O ministro das Telecomunicações, Tecnologia de Informação e Comunicação Social, Mário Oliveira, revelou que se vai apostar na Inteligência Artificial (IA).

O ministro disse que o Angotic não é apenas um local para a exposição de equipamentos e demonstração de tecnologias, mas que serve, também, para obter conhecimentos, formação, oportunidades de empreender e promoção do turismo tecnológico.

Mário Oliveira assumiu que o Angotic, com a ajuda da Comunicação Social, torna-se um sucesso e, para o próximo ano, é, por esta razão, intenção da organização abrir uma tenda sobre Inteligência Artificial (IA).

Apontou que essa intenção surgiu pelo facto da IA ser um tema actual que não deve ser descartado. Do mesmo modo, incluiu a cibersegurança por ser uma preocupação de todo o mundo.

Destacou ainda que a inclusão dos dois pontos acima referidos têm vantagens do ponto de vista do desenvolvimento de algumas ferramentas, mas, para o efeito, é necessário preparar a juventude e os técnicos de forma a utilizarem estes instrumentos em prol do desenvolvimento da economia e do país.

"Vamos trabalhar para a sua regulamentação, porque o mundo todo caminha para esta direcção, dando a possibilidade de fazer cirurgias remotas, com máquinas auto-operadas. Não podemos ficar para trás. O país tem de evoluir com as tecnologias”, disse.

Edivaldo Cristóvão e Nelma Inglês

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade