Política

APN realiza marcha de apoio a Quintino Moreira

André da Costa|

Jornalista

A Aliança Patriótica Nacional (APN) realiza amanhã, quarta-feira, na província do Bengo, uma marcha de apoio à candidatura de Quintino Moreira a Presidente da República, no âmbito do pleito eleitoral, marcado para 24 deste mês.

02/08/2022  Última atualização 07H43
Aliança Patriótica Nacional trabalhou no último sábado em Mbanza Kongo e agora vai a Caxito © Fotografia por: Garcia Mayatoko | Edições Novembro

O secretário-geral da APN, Pedro Vica, disse, ontem, ao Jornal de Angola, que a marcha vai mobilizar vários militantes da formação política e decorrerá em várias ruas da cidade de Caxito. 

O momento, segundo a fonte, será aproveitado para a realização de uma campanha de sensibilização aos munícipes locais para votarem na APN. Acrescentou que o objectivo é conseguir  mais votos e eleger maior número de deputados à Assembleia Nacional.

De acordo com o secretário-geral da APN, uma delegação do partido desloca-se à província do Namibe, na sexta-feira, para no sábado realizar um acto político de massas, liderado pelo seu  candidato à presidência da República, Quintino Moreira.

A Aliança Patriótica Nacional trabalhou no último sábado em Mbanza Kongo, onde realizou um comício liderado pelo presidente da formação política concorrente às eleições.

Já no domingo, a delegação da APN, deslocou-se até à fronteira do Luvo, província do Zaire, tendo mantido contacto com efectivos da Polícia Nacional e recebido informações sobre o funcionamento, assim como das trocas comerciais entre cidadãos angolanos e congoleses democráticos.


BIÉ
Aliança aposta na Agricultura


O partido Aliança Patriótica Nacional (APN) promete, em caso de vitória nas eleições de 24 de Agosto próximo, apostar na Agricultura para erradicar a pobreza, reafirmou, ontem, o secretário provincial no Bié, Ernesto Calungo.

O desafio foi lançado pelo secretário provincial da APN, durante uma campanha de mobilização dos eleitores, realizada nas ruas da vila do Cunhinga.

Sublinhou que a Agricultura constitui a principal actividade da população angolana, em especial a que reside nas zonas rurais, pelo que a solução passa, exactamente, na aposta forte na agricultura familiar de pequena e média dimensões.

"O nosso manifesto está virado em resolver a situação da pobreza extrema. Vamos trabalhar para garantir emprego para toda a juventude, casa própria e muito mais. Caso sejamos governo, iremos concretizar o sonho de todos os angolanos”, prometeu.

No comício de apresentação do programa de governação, o secretário provincial da APN, Ernesto Calungo, pediu o voto no seu partido e justificou que a organização "é a alternativa para a solução dos problemas da população”.

José Chaves | Cunhinga


HUÍLA
Secretário busca apoio porta a porta no Lubango

Dezenas de militantes da Aliança Patriótica Nacional (APN) realizaram, ontem, nos bairros periféricos da Maringa, Sófrio e Casa Pato, na cidade do Lubango, campanhas de sensibilização de caça ao voto porta a porta.

O primeiro-secretário provincial do partido, Jonas Cambuta, esclareceu que a APN está com a máquina afinada para fazer a campanha em todos os pontos da Huíla.

Acrescentou que, no fim-de-semana, o partido político desenvolveu acções em três bairros da sede, tendo abordado vários eleitores interessados em conhecer o programa de governo.

Jonas Cambuta prometeu que, em caso de vitória nas eleições de 24 deste mês, as acções constantes no programa vão ser cumpridas, daí a importância de as levar ao conhecimento público.

Exortou aos huilanos, em particular, e aos angolanos, em geral, a confiarem no partido liderado por Quintino Moreira: "O povo deve acreditar na APN por ser o partido da juventude. Tudo quanto está no manifesto eleitoral será realizado”.

Gaudêncio Hamelay | Lubango

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política