Desporto

ANTB promove formação de monitores no Lubango

Arão Martins | Lubango

Jornalista

A Associação Nacional de Treinadores de Basquetebol (ANTB) promove até este domingo (14), na cidade do Lubango, uma acção de formação para mais de 70 monitores da Região III, composta pelas províncias da Huíla, Benguela, Namibe e Cunene.

14/11/2021  Última atualização 08H50
Iniciativa visa promover massificação da modalidade © Fotografia por: Arão Martins | Edições Novembro – Huíla
A formação iniciada, sábado (13), aborda os temas: "Desenvolvimento motor da criança dos 8 aos 12 anos”, "Orientações psicológicas”, "Planificação de uma unidade de treino”, "Primeiros socorros”, "Técnica individual ofensiva”, "Conceitos ofensivos e defensivos para iniciação”, "Abordagem ao basquetebol em cadeiras de roda”.


Os temas ministrados por professores de basquetebol de categorias nacional e internacional, no quadro do programa nacional de formação para monitores, da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), em parceria com a China Merchants Foundation Charitable e o Grupo Desportivo X Combatentes de Angola.


Participam da mesma formação, com aulas práticas e teóricas, ex-praticantes de basquetebol e professores de Educação Física. A  Huíla está representada por 50 formandos, Benguela e Namibe(9 cada) e Cunene (4). Os temas são abordados pelos técnicos Manuel da Silva "Gi”, Apolinário Paquete, André Nzamba, Manuel Sérgio Cristóvão, Moniz Marquez e Francisco Chamuangue.


O responsável pelo Departamento dos Desportos do Gabinete Provincial da Cultura, Turismo, Juventude e Desportos da Huíla, Romualdo Baltazar, enalteceu a iniciativa.


"Há muito que a Direcção da Juventude e Desportos da Huíla almejou promover uma formação igual. Ao concretizar tal feito, é um contributo que se dá no desenvolvimento do desporto nas províncias que integram a Região III do basquetebol, e não só”.


Romualdo Baltazar espera que a formação não sirva apenas para adquirir um certificado ou diploma, mas sim aplicar os conhecimentos para o desenvolvimento do basquetebol e atingir outros patamares. Referiu que para trabalhar com as crianças nas escolas, onde está o viveiro, requer conhecimentos científicos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Desporto