Economia

ANGOTIC/2024: ITEL e Escola Técnica do Brasil assinam acordo

O Instituto de Telecomunicações (ITEL) e a Escola Técnica de Electrónica do Brasil assinaram, no Angotic/2024, em Luanda, um acordo para a formação de quadros, na área da biomedicina.

16/06/2024  Última atualização 07H51
© Fotografia por: Paulo Mulaza | Edições Novembro

O protocolo foi testemunhado pelo ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Mário Oliveira.

O director do ITEL, Cláudio Gonçalves, revelou que o acordo de formação passa a vigorar, a partir do ano lectivo, 2025/2026, com o curso de electromedicina.

O responsável referiu que nos últimos anos, o Executivo investiu, significativamente, no sector da Saúde, com a construção de várias unidades sanitárias e o apetrechamento com equipamentos de ponta, apesar de reconhecer que a nível nacional, ainda existe pouca mão-de-obra formada para manusear os equipamentos.

"Por esta razão, sob orientação do ministério, recorremos ao Brasil que tem muita experiência na biomedicina", afirmou.

Na ocasião, o director da Escola Técnica de Electrónica do Brasil, Alexandre Barbosa, disse que o acordo vai reforçar a cooperação entre os dois países, sobre tudo, no sector da educação, assim como, prestar consultoria na área de electrónica e medicina.

Este acordo, referiu, vai abrir portas para o Brasil continuar a partilhar conhecimentos.

Sustentou que o caminho é árduo para os dois lados, é importante que Angola e o Brasil continuem a caminhar juntos para o desenvolvimento de todos os sectores, com realce ao da educação, que tem de acompanhar a evolução da indústria e também dos jovens desta última geração.

Ainda no Angotic/2024 assinaram também acordo o GGPEN e a Regional African Satelite Communication Organization (Rascom), além da Universidade do Botswana e o GGPEN.


Weza Pascoal e Nelma Inglês

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia