Desporto

Angolanos lideram lista dos cestinhas da competição

Melo Clemente|Kigali

Jornalista

Um trio, constituído por Childe Dundão, Carlos Morais e Gerson Gonçalves “Lukeny”, lidera a lista dos melhores marcadores da segunda edição da Basketball African League (BAL), que encerra hoje as cortinas, em Kigali, capital do Rwanda.

28/05/2022  Última atualização 07H40
Carlos Morais © Fotografia por: Edições Novembro

O pequeno grande  jogador Childe Dundão comanda a lista dos melhores marcadores, com 37 pontos marcados até aqui, o que representa uma média de 18, 5 pontos por partida.

Caso o atleta volte a brilhar hoje, o internacional angolano pode arrebatar o troféu de melhor cestinha.

Carlos Morais ocupa a segunda posição da lista, com 33 pontos anotados, obtendo uma média de 16,5. Por seu turno, Gerson Gonçalves "Lukeny” está na terceira posição, com 27 pontos marcados.

"Lukeny” faz parte ainda do restrito grupo  de atletas que fizeram um duplo-duplo nesta segunda edição da BAL.

   Luanda pode  ser palco de uma das janelas

Luanda poderá acolher uma das janelas da terceira edição da Basketball African League (BAL), cuja fase derradeira pode acontecer novamente em Kigali, Rwanda, segundo apurou o Jornal de Angola junto de fonte próxima da organização.

As próximas quatro edições do magno evento, uma organização da NBA, em parceria com a FIBA-África, podem acontecer na capital rwandesa, face a receptividade do governo daquele país. A realização de uma das janelas na capital do país, Luanda, é quase um dado adquirido, segundo apurou o Jornal de Angola.                                      

  
M.C |Kigali

 

   Warriors são os primeiros finalistas da NBA

Os Golden State Warriors tornaram-se, esta quinta-feira, os primeiros finalistas da Liga Norte-americana de Basquetebol (NBA) da época 2021/22, ao vencerem por 120-110 na recepção aos Dallas Mavericks, impondo-se por 4-1 na final da Conferência Oeste.

Os Warriors, que se sagraram seis vezes campeões da NBA, mas perderam a última das 11 finais que disputaram, em 2019, vão discutir a conquista do título com o vencedor da Conferência Este, liderada pelos Boston Celtics, por 3-2, frente                 aos Miami Heat.

A equipa treinada por Steve Kerr vai disputar a sexta final em oito anos, tal como aconteceu na última  década do século XX com  os Chicago Bulls.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Desporto