Sociedade

Angolano conclui mestrado em Serviços e Aplicações Espaciais em França

JA Online

O cidadão angolano, João Júnior, foi recentemente graduado, como mestre em serviços e aplicações espaciais, no ISAE-SUPAERO, em Toulouse, França.

27/11/2022  Última atualização 17H35
© Fotografia por: DR

O quadro sénior do Gabinete de Gestão do Programa Espacial Nacional (GGPEN), teve como avaliação de fim de curso, "Muito Bom”, tendo dissertado o tema: "Avaliação Espacial da Evapotranspiração a partir de Imagens de Satélite considerando os efeitos topográficos”.

Segundo uma nota enviada ao JA Online, tema escolhido pelo mais recente mestre do país, foi desenvolvido no âmbito da preparação do projecto TRISHNA, um satélite de média resolução (57 m) e tempo de revisão elevado (três dias), desenvolvido em colaboração entre as agências espaciais indiana (ISRO) e francesa (CNES).

"O recém-formado vai agora integrar a equipa do DDAE do GGPEN para darem continuidade aos trabalhos que têm vindo a ser desenvolvidos pelo departamento”, refere a fonte.

O documento avança, igualmente, que a formação de João Júnior é "fruto de uma parceria entre o Estado, por intermédio do Ministério das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social (MINTTICS), com a empresa francesa Airbus, o GGPEN, juntamente com a maior empresa aeroespacial e de defesa na Europa”.

"As instituições desenharam um programa espacial junto do ISAE-SUPAERO, que já formou, até ao momento, oito mestres angolanos em "Aplicações e Projectos Espaciais”, quadros do Programa Espacial Nacional (PEN), número este que vai subir para 11, com a formação dos três engenheiros angolanos que se encontram em Toulouse”.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade