Economia

Angola partilha experiências sobre jogos de azar e fortuna

As reformas que o país está a efectuar, no âmbito dos jogos de azar e de fortuna, foram apresentadas na Cimeira de Tecnologia de Jogos em África, que decorreu, na cidade de Nairobi, Quénia.

11/06/2024  Última atualização 08H40
© Fotografia por: DR

O evento acolheu reguladores e operadores de jogos de diversos países africanos, de 3 a 5 do mês em curso, que se reuniram para discutir e partilhar saberes sobre a regulação, jogo responsável, licenciamento e fiscalização do sector de jogos.

No evento, em que Angola fez-se presente com uma delegação encabeçada pelo director-geral do Instituto de Supervisão de Jogos (ISJ), Paulo Ringote, foram partilhadas informações sobre o processo de reforma em curso, com realce  para a Lei da Actividade de Jogo, sobretudo, a questão de acesso e interrupção da carga fiscal.

Foram, igualmente, partilhados,os benefícios em termos da arrecadação de receitas que o processo de reforma já está a proporcionar, potencial do mercado de jogos angolano, desempenho do mesmo no exercício de 2023, e as perspectivas do sector.

Segundo uma nota da instituição, a cimeira representou não apenas um fórum de debate, mas também uma porta aberta para o futuro, proporcionando aos participantes uma perspectiva de progresso tecnológico, no âmbito dos jogos e das práticas reguladoras e fiscais mais eficientes. Este evento, segundo a nota, constituiu uma oportunidade para a troca de experiências e metodologias estratégicas que visam a dinamização do mercado de jogos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia