Economia

Angola participa com 1,65 por cento no BAD

Angola tem uma participação de 1,65 por cento do capital social do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), de 100 mil milhões de dólares, informou ontem, em Luanda, o responsável pelas estratégias da instituição bancária, Joel Daniel Mizima.

05/09/2018  Última atualização 10H04
DR

Para  2019, o banco prevê efectuar um  reforço capital. Quando o BAD abriu, em 1964, o seu capital era de 256 milhões de dólares.
Angola  beneficia dessa instituição financeira de um empréstimo global de mais de 769,5 milhões de dólares, sendo 425 milhões para o sector financeiro, 101,7 milhões para a agricultura e pescas, 123,7 para água e saneamento, 90 milhões para o sector  social, incluindo ciência e tecnologia, 24,8 milhões para apoio  multissectorial e 4,1 milhões para os transportes.
Na sua estratégia “Acelerando a Transformação de África”,
o BAD quer alcançar o acesso universal à energia em África  até 2025, uma vez que mais de 635 milhões de pessoas ainda não têm acesso à electricidade.
Adoptar uma abordagem de agronegócio para melhorar as condições
de vida de milhares de africanos (cerca de 70 por cento da população) que dependem da agricultura, promover a ndustrialização e o desenvolvimento de competências profissionais para a criação de postos de trabalho são, entre outras, as estratégias inseridas nas cinco prioridades (High 5s) do presidente do BAD, Akinwumi Ayodeii Adesina.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia