Desporto

Angola hoje defronta Mali a pensar nas meias-finais

Juscelino da Silva

Jornalista

A Selecção Nacional defronta hoje, às 20h00, a sua congénere do Mali com os olhos postos nas meias-finais. Depois de deixar, ontem, pelo caminho a Selecção de Cabo Verde e garantir o acesso aos quartos-de-final, Walter Costa e pupilas sabem que o jogo de hoje é de capital importância, uma vez que em caso de vitória coloca o “cinco” nacional nas meias-finais.

23/09/2021  Última atualização 09H10
© Fotografia por: DR
O timoneiro vai entrar, seguramente, com o melhor "cinco”, à semelhança do que aconteceu na partida de ontem, diante de Cabo Verde,  constituído pela base Italee Lucas, extremo Ana Gonçalves, extremo-base Rosa Gala, extremo-poste Avelina Peso e a poste Cristina Matiquite.
A caminhada para a melhoria do quinto lugar começa hoje. O  timoneiro angolano sabe disso e está ciente do nível do adversário que defronta, uma Selecção com atletas altas e que jogam muito bem de costas para o cesto.  Avelina Peso, Nadir Manuel, Cristina Matiquite e Angelina Golome terão, certamente, muito trabalho pela frente para travarem as "torres”  malianas.As selecções contendoras reúnem referências que permitem antever um jogo emocionante e de desfecho imprevisível.

Em confronto estarão duas selecções motivadas e confiantes. O Mali, fruto das duas vitórias na fase de grupos, que lhe  garantiram o passaporte para os quartos-de-final, e Angola que teve de vencer, ontem, para garantir o acesso a esta eliminatória.

O combinado nacional quer repetir o bom jogo realizado diante de Cabo Verde, onde as atletas souberam colocar em prática todas as orientações da equipa técnica.Clinicamente as jogadoras respiram boa saúde, facto que deixa satisfeita a equipa técnica. Walter Costa sabe o quão importante e imperioso é manter a concentração das jogadoras, para  evitarem ser surpreendidas e dizerem adeus à prova.

O adversário de hoje  não é fácil de ser derrotado. Aliás os bons resultados aliados às exibições convincentes na fase de grupos espelham bem a capacidade das malianas.

Mas Angola tem uma palavra a dizer, uma vez que tem jogadoras que podem fazer a diferença. Em declarações à imprensa Joaquim Bazuela, técnico do Mali, prometeu apresentar o melhor "cinco”, para travar as melhores unidades angolanas. O treinador maliano reconhece que Angola tem boas executantes, mas a sua formação quer também chegar às meias-finais.

à disputa dos quartos-de-final abre às 11h00, com a campeã Nigéria a defrontar a Costa do Marfim, numa partida com desfecho imprevisível. Apesar de as nigerianas terem jogadoras que actuam no Estados Unidos da América, ninguém prevê que sejam  "favas contadas”.Às 14h00,  Senegal e Moçambique medem forças, em jogo onde  as senegalesas são favoritas, e às 17h00, os Camarões defrontam o Egipto.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Desporto