Economia

Angola e Portugal assinam memorando

O ministro dos Transportes, Ricardo Viegas de Abreu, testemunhou ontem, em Lisboa, a assinatura de um memorando de entendimento entre o Instituto Nacional dos Transportes Rodoviários da República de Angola e a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes da República portuguesa.

15/09/2021  Última atualização 09H00
Ministro Ricardo Viegas de Abreu quer cooperação mais forte © Fotografia por: DR
O documento foi assinado pelo director-geral interino do Instituto Nacional dos Transportes, Énio Renato de Magalhães Costa, e pela presidente do Conselho de Administração da Autoridade da Mobilidade e dos Transportes, Ana Paula Vitorino.
Este entendimento vai regular uma série de parcerias e de acordos de cooperação, para orientar uma mais profunda relação entre dois dos sectores vitais para o desenvolvimento e crescimento económico de ambos os países. Na sua intervenção, o ministro sublinhou a importância do documento, pois permitirá, entre outras possibilidades, a formação por especialistas portugueses de técnicos angolanos do sector dos Transportes.

Na ocasião, Ricardo Viegas de Abreu sublinhou que o memorando de entendimento, já em vigor, prevê também a capacitação de técnicos de ambos países, incluindo o intercâmbio de pessoal para fins de troca de experiências "in loco", visitas técnicas e de estudo para intercâmbio de especialistas, académicos e delegações. Segundo o ministro dos Transportes, o documento visa também a organização conjunta de seminários, work-shops e reuniões com a participação de especialistas, cientistas, empresas privadas e outras entidades relevantes. O embaixador de Angola em Portugal, Carlos Alberto Fonseca, acompanhou a agenda do ministro, em Portugal.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia