Política

Angola e Etiópia relançam cooperação bilateral

O relançamento da cooperação bilateral entre Angola e a Etiópia esteve no centro de um encontro mantido no princípio da tarde de esta segunda-feira, em Addis Abeba, entre Téte António, ministro das Relações Exteriores, e Demeke Mekonnen Hassen, Vice-Primeiro-Ministro e ministro dos Negócios Estrangeiros da República Democrática Federal da Etiópia.

02/08/2022  Última atualização 08H00
Téte António manteve encontro com Demeke Mekonnen © Fotografia por: DR

Em comunicado, o Ministério das Relações Exteriores refere que, durante o encontro, os dois interlocutores consideraram que é altura de Angola e a Etiópia avançarem para uma cooperação económica bilateral mais dinâmica e diversificada, com a assinatura de instrumentos jurídicos já negociados entre as partes.

Os dois homólogos são de opinião que os Governos de ambos países devem trabalhar em conjunto no sentido de alargarem a cooperação nos mais variados domínios, assim como na promoção de investimentos directos entre empresários de Angola e da Etiópia.

Para além da cooperação bilateral, os ministros Téte António e Demeke Mekonnen Hassen abordaram, igualmente, a situação de paz e segurança em África, no âmbito da estratégia da União Africana de silenciar as armas no continente berço.

Neste particular, o ministro etíope louvou o papel desempenhado por Angola na prevenção, gestão e resolução de conflitos em África, particularmente enquanto presidente em exercício da Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos (CIRGL), e as suas iniciativas diplomáticas na República Centro Africana, bem como a mediação da crise política entre a RD Congo e o Rwanda.

Demeke Mekonnen Hassen felicitou a nomeação de João Lourenço, Presidente da República de Angola, como Campeão da Paz e Reconciliação em África, ocorrida na Cimeira Extraordinária sobre o Terrorismo e Mudanças Inconstitucionais de Governo, realizada em Malabo, Guiné Equatorial.

As relações entre Angola e a Etiópia são históricas e de amizade, animadas pela defesa do multilateralismo na resolução de problemas globais e do pan-africanismo na consecução da "África que Queremos” na base da implementação da Agenda 2063 da União Africana.

Nas últimas décadas, o potencial do desenvolvimento económico de ambos países tem estado a emergir como força motriz susceptível de impulsionar uma cooperação bilateral mais abrangente e com uma oportunidade de investimento e parcerias em áreas chaves como Aviação, Petróleo e Gás, Exploração Mineira, Telecomunicações, Café, Turismo, Saúde, Cultura, Desporto e Serviços Financeiros.

Com base nas últimas discussões bilaterais, as partes identificaram as áreas susceptíveis de reforçar a cooperação bilateral com vantagens recíprocas.

O ministro Téte António efectua um périplo por alguns países africanos, como enviado especial do Presidente da República de Angola, tendo já se avistado, até ao momento, com Hage Gottfried Geingob, Presidente da República da Namíbia, Mokgweetsi Eric Keabetswe Masisi, Presidente da República do Botswana, e Uhuru Muigai Kenyatta, Presidente da República do Quénia.

Nessas deslocações, Téte António faz-se acompanhar do embaixador Miguel César Domingos Bembe, director para África, Médio Oriente e Organizações Regionais do Ministério das Relações Exteriores, por Francisco José da Cruz, embaixador de Angola na Etiópia e representante permanente junto da União Africana e da Comissão Económica das Nações Unidas para África, além de altos funcionários do Ministério de tutela.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política