Política

Angola e Brasil avaliam cooperação

Angola e Brasil avaliaram esta quarta-feira(10), em Luanda, a cooperação no domínio da Justiça, durante um encontro entre o ministro da Justiça e dos Direitos Humanos e o embaixador do Brasil em Angola.

11/11/2021  Última atualização 09H10
Ministro Francisco Queiroz premiado no Brasil © Fotografia por: DR
Rafael Vidal sublinhou à imprensa, no final do encontro, que Angola e Brasil têm uma agenda multidimensional em todos os domínios, com destaque para a cooperação jurídica, considerando-a "uma das mais  importantes”.

O diplomata brasileiro disse que entre os dois países existem grandes negócios, investimentos e comércio. "Isso movimenta toda uma agenda comum e de interesses tanto no domínio da cooperação judicial regular como todos os temas afectos ao controlo dos crimes transnacionais, contrabando, pirataria e todas as questões vinculadas  à ordem e segurança pública”, salientou.  

Brasil e Angola, acrescentou,  têm já uma cooperação antiga e pretendem  estreitar ainda mais.  Rafael Vidal informou que o  ministro da Justiça, Francisco Queiroz, confirmou a visita a Brasília onde vai receber o prémio da Procuradoria Geral da Justiça Militar do Brasil. 

O prémio, segundo o embaixador, é o reconhecimento ao ministro da Justiça pela produtividade da agenda bilateral e a parceira entre os dois países e os seus resultados. 

"Trata-se de um reconhecimento do Governo brasileiro a todo esforço e empenho do Governo do Presidente João Lourenço e do ministro da Justiça no sentido do combate aos crimes transnacionais, o aumento da segurança entre os dois países e todas as acções que têm a ver com o fortalecimento institucional em Angola, que é uma das prioridades da agenda do Presidente João Lourenço, que também é parte da agenda de Jair Bolsonaro”, informou.  

Lembrou que o Brasil tem desde 2010 uma parceria estratégica com Angola para criação de mecanismo  de consulta de alto nível político permanente que ajuda a resolver as questões da agenda bilateral e a fortalecer os instrumentos de execução de políticas com destaque para a justiça.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política