Política

Angola e Botswana analisam a cooperação

A cooperação bilateral entre Angola e o Botswana esteve, sexta-feira, em análise, em Gaborone, no encontro entre o Presidente da República, João Lourenço, e o homólogo tswanês, Mokgweetsi Eric Masisi.

15/06/2024  Última atualização 09H22
© Fotografia por: DR

A reunião entre os dois Chefes de Estado aconteceu à margem da visita oficial de João Lourenço ao Secretariado da Direcção Executiva da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), na qualidade de Presidente em exercício da organização regional.

As relações político-diplomáticas entre Angola e o Botswana foram estabelecidas a 18 de Fevereiro de 1976, tendo ambos os países rubricado, em Fevereiro de 2006, um Acordo Geral de Cooperação, nos domínios da Agricultura, Energia e Águas, Indústria, Comércio, Hotelaria e Turismo, Geologia e Minas, Ambiente, Administração do Território, Formação técnico-profissional, Petróleos, Telecomunicações e Cooperação Empresarial.

O Botswana é um gran- de produtor de diamantes a nível mundial e Angola busca a experiência deste país, membro da SADC, na extrac- ção e na lapidação.

Actualmente, a produção diamantífera do Botswana corresponde a cerca de 60 por cento das suas exportações.

Em média, entre 2002 e 2016 foram produzidos 26 milhões de quilates por ano, o que faz do Botswana o segundo maior produtor mundial de diamantes, atrás da Rússia.

Outra importante fonte de rendimento do Botswana é o ecoturismo. Este país possui a maior concentração de elefantes do mundo (mais de 50 mil), ocupando 581 mil quilómetros quadrados, 17 por cento dessas terras estão reservadas para parques nacionais. Possui, igualmente, imensas savanas virgens.

Dados de 2015 indicam que cerca 1,5 milhão de turistas internacionais visitam anualmente o Botswana.

Situado na África Austral, o território do Botswana não possui saída para o mar e está limitado a Norte com a Zâmbia, a Leste com o Zimbabwe, a Sul com a África do Sul e a Oeste e Noroeste com a Namíbia.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política