Economia

Angola discute hidrogénio verde com a Alemanha

Kátia Ramos

Jornalista

Luanda acolhe, hoje, o 1º Simpósio sobre Hidrogénio Verde, no âmbito de uma parceria germano-angolana para a energia que consagra uma visão geral das perspectivas sobre o hidrogénio verde e as suas implicações no comércio global de energia, soube o Jornal de Angola de fontes oficiais.

12/05/2022  Última atualização 09H20
© Fotografia por: DR

Angola e a Alemanha querem cooperar no domínio desse fonte de energia limpa, de acordo com uma nota de imprensa enviada à nossa Redacção, dando conta que especialistas dos dois países discutem, no simpósio, questões como as implicações e oportunidades da procura global de hidrogénio verde, sectores de aplicabilidade em Angola e vantagens económicas.

O simpósio também vai avaliar se Angola pode assumir-se como exportador de hidrogénio verde, determinar o necessário para avançar em direcção a esse papel, quais as prioridades para o desenvolvimento dessa fonte de energia na Alemanha, assim como as áreas prioritárias em que Alemanha e Angola podem colaborar para explorar o potencial de produção.

O ministro de Estado para a Coordenação Económica, Manuel Nunes Júnior, e o embaixador da Alemanha em Angola, Oliver Rentschler, são as principais entidades que participam no evento em que provam que os dois países podem interagir como exportadores de combustíveis renováveis.

 


Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia