Política

Angola defende reforço na cooperação UA e Comunidade do Caribe

O Chefe de Estado, João Lourenço, defendeu, esta terça-feira, maior cooperação entre a União Africana (UA) e a Comunidade do Caribe (CARICOM), nos domínios do desenvolvimento económico inclusivo e sustentável, bem como do desenvolvimento humano e social.

07/09/2021  Última atualização 20H34
© Fotografia por: EDIÇÕES NOVEMBRO

O Presidente realçou, também, que a cooperação entre as duas organizações deve estender-se para o segmento dos Direitos Humanos, democracia, boa governação e do combate ao terrorismo e ao crime organizado.   

Ao discursar numa cimeira virtual de Chefes de Estado e de Governo de África e da Região do Caribe, João Lourenço defendeu, igualmente, uma cooperação no domínio do meio ambiente, da gestão de recursos naturais e das mudanças climáticas.

Durante a sua intervenção sublinhou que as trocas comerciais entre os países de África e da Comunidade Caribenha são bastante reduzidas, embora exista um imenso potencial na cooperação entre ambas as organizações nos domínios da energia, do turismo e da prevenção e protecção do ambiente.

O Chefe de Estado fez saber que Angola está a desenvolver um programa de construção de infraestruturas para responder aos problemas recorrentes da seca e das cheias no sul do país.

Segundo o estadista angolano, trata-se de um problema global que assola não apenas África como também as ilhas caribenhas, com os repetidos ciclones, furacões, terramotos e cheias.

"Uma troca de experiência neste domínio seria mutuamente vantajosa e benéfica para ambas as organizações", assinalou João Lourenço.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política