Política

Angola dá passos face aos problemas ambientais

Angola tem dado passos significativos na criação de condições políticas e estratégicas para fazer face aos problemas ambientais, com enfoque nas alterações climáticas, disse esta quarta-feira (22), em Luanda, o ministro da Cultura, Turismo e Ambiente, Jomo Fortunato.

22/09/2021  Última atualização 15H48
Ministro da Cultura, Turismo e Ambiente, Jomo Fortunato © Fotografia por: Cedida

Ao intervir na abertura do seminário sobre a "Transição ecológica digital e diplomacia climática", organizado pelas embaixadas do Reino Unido e Itália, ministro lembrou que o Executivo tem programado uma série de projectos estruturantes com vista a responder os desafios de ocorrência de fenómenos climáticos extremos.

 

Jomo Fortunato destacou os desafios em curso com as secas prolongadas que têm assolado o Sul de Angola, particularmente na província do Cunene. 

 

O ministro da Cultura, Turismo e Ambiente diz ser urgente a necessidade de uma acção a nível global, desafiando os países a apresentarem as contribuições nacionais determinadas que devem servir de estratégia para o desenvolvimento a médio e longo prazo, visando a redução das emissões. 

 

O seminário sobre "a transição ecológica digital e diplomacia climática" contou com as presenças da embaixadora do Reino Unido em Angola, Jessica Hand, embaixador da Itália, Cristiano Gallo, e especialistas nacionais e estrangeiros.

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política