Coronavírus

Angola começa a vacinar com a Sputink-V nesta quarta-feira

Xavier António

Jornalista

O país vai começar a administrar a primeira dose da vacina russa Sputink-V Contra a Covid-19 a partir desta quarta-feira (12), em grupos prioritários de risco, no posto de vacinação do Paz Flor, em Luanda.

11/05/2021  Última atualização 22H31
© Fotografia por: DR

O anúncio foi feito pela directora Nacional de Saúde Pública, Helga Freitas. De acordo com a responsável, a primeira dose será aplicada as pessoas cadastradas pelas suas instituições, com destaque para os funcionários bancários e da Administração Geral Tributária (AGT).

"A vacina será administrada as pessoas que se apresentarem com o registo de código de barra da sua instituição", sublinhou a directora Nacional de Saúde Pública, em entrevista à TPA.

Metas alcançadas

Helga Freitas informou ainda que na primeira dose foram vacinadas cerca de 98 por cento da população estimada. Com o início da segunda dose, desde o dia 3 de Maio até segunda-feira (10), 5,4 por cento estão imunizadas.

Por outro lado, Helga anunciou que, na próxima semana, o processo de vacinação da segunda dose tem início nas províncias de Benguela, Huíla, Huambo e Cabinda.

Dados das autoridades sanitárias, que o Jornal de Angola teve acesso, indicam que, até à data, já foram vacinadas mais de 605.854 pessoas, em todo território nacional.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Coronavírus