Política

Angola assume vice-presidência do Conselho Mundial da Paz em África

Angola assumiu, em Hanói (Vietname), a vice-presidência do Conselho Mundial da Paz (CMP) para a região africana, com a eleição da angolana Elisa Salvador.

28/11/2022  Última atualização 07H01
Elisa Salvador (ao centro) foi eleita vice-líder do organismo internacional no final da assembleia © Fotografia por: DR
Segundo uma nota de imprensa, citada sábado pela Angop, a também actual presidente da Liga Angolana de Amizade e Solidariedade com os Povos (LAASP) foi eleita como vice-presidente deste organismo internacional no final da 22ª Assembleia Mundial de Paz, que decorreu de 21 a 26 deste mês, em Hanói.

Em representação de Angola, no evento, Elisa Salvador considerou necessária a acção do Conselho Mundial da Paz na preservação de um mundo melhor sem conflitos.

Ao discursar no encontro, lembrou que Angola "não apoia as lutas e conflitos militares, golpes de Estado e movimentos rebeldes”, mas desenvolve uma ajuda activa internacional em busca de soluções e união entre os povos, primando sempre pelo diálogo e manutenção da paz e da estabilidade dos países.

Na ocasião, destacou o papel do Presidente da República, João Lourenço, que de forma abnegada busca pela união dos africanos, tendo sido distinguido como o "Campeão da Paz”, título que demonstra o trabalho e esforço do Chefe de Estado angolano na segurança da paz.

Além disso, referiu que o plano interno de Angola também prima pela preservação dos direitos das pessoas, em especial das crianças e da juventude.

A 22ª Assembleia do Conselho Mundial da Paz, realizada pela Organização das  Nações Unidas, em Hanói, Vietname, teve como objectivo o "fortalecimento da luta anti-imperialista e a solidariedade por um mundo de paz e justiça social”.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política