Sociedade

Andulo: Escola de Saúde tem 360 vagas

José Chaves/Andulo

A Escola Técnica de Saúde (ETS) do Andulo, no Bié, tem disponível 360 vagas, para este ano académico, disse, segunda-feira, a directora da instituição.

02/08/2022  Última atualização 08H49
© Fotografia por: DR

Lurdes Nassoma Mateus garantiu que estão criadas as condições para a inserção de novos alunos da 10ª classe, em diversas áreas do ensino. "Os candidatos vão ser submetidos a testes de admissão”, esclareceu.

A instituição, construída e equipada com fundos do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), tem 12 salas de aula e foi baptizada com o nome  de "Luís Ngongoyavo”.

A escola, inaugurada no passado mês de Julho, pelo governador do Bié, Pereira Alfredo, vai receber os estudantes do Andulo e dos municípios vizinhos de Nharêa, Cunhinga e Catabola, todos do Bié, assim como os da localidade do Mussende, no Cuanza-Sul.

Com a reabertura da escola, o Andulo passa a ser, depois do Cuito, o segundo município do Bié com um Instituto Técnico de Saúde. Porém, apesar de o número de vagas disponíveis, Lurdes Nassoma Mateus disse que, até ao momento, têm registado um número reduzido de inscrições para admissão.

A fraca afluência de novos alunos nas inscrições, adiantou, deve-se ao facto de muitos estudantes ainda não terem o certificado de habilitações, devido aos atrasos na emissão do documento.

Para a directora, o problema deve ser solucionado, rapidamente, para que muitos alunos tenham a oportunidade de efectuar a inscrição até sexta-feira, dia 5, data limite deste processo, aberto, ontem, com o início das matriculas.

A Escola Técnica de Saúde tem a capacidade de acolher 800 alunos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade