Desporto

André Ayew ultrapassa registo de Ahmed Hassan

O extremo esquerdo André Ayew, 33 anos, disputou, na sexta-feira, diante dos Panteras do Gabão, o 33º jogo da carreira pelos Black Stars na Taça de África das Nações (CAN'2021), no Estádio Ahmad Ahidjo, na cidade de Yaoundé, e ultrapassou o egípcio Ahmed Hassan.

16/01/2022  Última atualização 08H10
Craque ghanense pode suplantar marca de Rigobert Song © Fotografia por: DR
O registo do ghanense permitiu superar o egípcio Hassan, com 32 partidas, e se tornar no segundo melhor atleta com mais desafios na história do CAN, atrás do camaronês Rigobert Song (36 jogos) mas que cujo cadastro pode ser destronado nesta edição da prova, noticia o site África Sport, na edição de ontem.  

Ayew, que marcou o golo dos Black Stars, apontou o 10º tento e suplantou o companheiro Asamoah Gyan na lista dos "artilheiros" da Selecção do Ghana. Com este indicador, o filho do antigo médio da Selecção do Ghana, Abedi Pelé, tornou-se no quarto jogador da história a marcar em quatro edições do CAN.

O extremo esquerdo juntou-se a Asamoah Gyan, Samuel Eto'o e Kalusha Bwalya. Na fase de qualificação para o CAN, o avançado do Al-Sadd SC da primeira liga do Qatar disputou 21 jogos e marcou seis tentos.  Para o apuramento ao Mundial do Qatar, o atleta disputou 13 partidas, tendo apontado três tentos. Em 19 desafios amigáveis rubricou dois golos.

Com a camisola do Ghana, o esquerdino alinhou em sete encontros e marcou dois golos em fases finais de Campeonatos do Mundo. Ayew estreou-se nos Black Stars, no dia 21 de Agosto de 2007, com 17 anos e oito meses. Tendo nascido na região de Seclin (Lille), o jogador defendeu as cores da Selecção  francesa Sub-18.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Desporto