Política

Ana Dias Lourenço defende política de inclusão

A Primeira-Dama da República, Ana Dias Lourenço, defendeu, esta sexta-feira, em Luanda, 26, que uma política de inclusão é condição para uma sociedade e cidadania plena.

26/11/2021  Última atualização 14H32
© Fotografia por: DR

Ana Dias Lourenço falava durante a abertura da Conferência "Educar para a Cidadania”, disse que apesar do contexto pandémico limitar a organização de eventos totalmente presenciais "mostramos que somos capazes de transformar obstáculos em oportunidades recorrendo ao formato híbrido para dar continuidade ao ciclo de conferências”.

"Não obstante as dificuldades é nossa intenção não apenas continuar a despertar e alertar a sociedade angolana para importância da actuação dos assistentes sociais, educadores da primeira infância e dos educadores sociais na integração escolar de todas as crianças e jovens”, afirmou.  

A Primeira-Dama da República, fez saber ainda que quando conceberam o projecto "Educar para a Cidadania” a intenção era organizar uma conferência anual "mas devido à pandemia da Covid-19 não foi possível organizar a segunda conferência no ano de 2020”.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política