Sociedade

Aldeia do Chiobo já tem posto médico

Bernardo Capita

Os habitantes da aldeia do Chiobo, na Comuna do Tando-Zinze, vão dispor, pela primeira vez, de serviços de assistência sanitária, com a entrada de um posto médico, com capacidade para internar sete doentes.

16/09/2021  Última atualização 11H20
Habitantes têm os serviços de saúde mais próximos de casa © Fotografia por: José Soares | Edições Novembro
Construído no âmbito do Programa de Combate à Pobreza, num orçamento de mais de 20 milhões de kwanzas, o posto conta com um banco de urgência, salas de observação, pré-parto, parto e de triagem, laboratório, farmácia e enfermaria, com sete camas.

A inauguração da unidade clínica da aldeia do Chiobo, que tem cerca de 3.500 habitantes e situada a 78 quilómetros da cidade de Cabinda, foi testemunhada pelo governador provincial de Cabinda, Marcos Nhunga.

Com isso, a população deixa de percorrer mais de 12 quilómetros até à sede comunal de Tando-Zinze, para conseguir a assistência médica e medicamentosa. Os serviços na nova unidade de saúde são assegurados por um médico, três enfermeiros e dois técnicos de laboratório.

O regedor da aldeia, José Marcelino, aproveitou a presença do governador para pedir a colocação de outros serviços no Chiobo, com destaque para a água potável, energia eléctrica da rede pública, vias secundárias e repetidores de telecomunicações, para permitir a expansão do sinal de telefonia móvel.

Em resposta, Marcos Nhunga anunciou o arranque do projecto de construção de duas residências de serviço, para albergar os profissionais da Saúde e Educação (professores) que forem trabalhar na localidade.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade