Economia

AJECO cria núcleo na província do Uíge

A Associação de Jornalistas Económicos de Angola (AJECO) tem, desde segunda-feira (29), o terceiro núcleo de representação fora da capital do país instituído, desta vez na província do Uíge.

30/11/2021  Última atualização 10H03
© Fotografia por: DR
O acto foi testemunhado pela vice-governadora da província do Uíge para a Área Social e Económica.
Maria Kavungo, em representação do governador José Carvalho da Rocha, desafiou a delegação da AJECO a trabalhar no sentido de criar uma revista que ilustre e divulgue as potencialidades e as actividades económicas da província.

"A institucionalização da AJECO no Uíge acontece num momento em que o Governo Provincial enfrenta grandes desafios para a promoção do desenvolvimento da província, através do estímulo aos produtores".
No referido acto, foi também emposado o corpo directivo local, coordenado pelo jornalista Jaime Reis, da Angop, que conta com um secretariado integrado por outros cinco membros, além de um conselho consultivo de outros três elementos.

O presidente de direcção da AJECO, João José Joaquim disse, na ocasião, que a prioridade é a unidade da classe e a promoção da sessões de formação. Esta é, conforme disse, parte da estratégia adoptada que visa melhorar a cobertura jornalística e o noticiário económico.

Até aqui, explicou, João Joaquim, Cabinda e Malanje eram as únicas províncias com a representação da AJECO. Depois do Uíge, detalhou, segue-se Benguela.
O presidente da AJECO garantiu que a organização serve de ponte para o estímulo das actividades económico-produtivas, por via da publicação de trabalhos dos profissionais dos diferentes órgãos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia