Economia

Águas Cuíma e Ákwa são desaconselhadas

O Instituto Nacional de Defesa dos Consumidor (INADEC) desencoraja o consumo da água mineral de marca Cuíma e ÁKUA, por uso indevido e abuso excessivo da logomarca no mercado.

10/07/2019  Última atualização 09H35
DR

Segundo um comunicado de imprensa, o INADEC "por desconhecimento das razões de tal acto, desaconse-lha e descarta-se da responsabilidade sobre os efeitos negativos que possam advir do consumo desses produtos, entre outros, cuja rotulagem contém a logomarca deste órgão". "O Instituto Nacional de Defesa dos Consumidor despoletará o competente processo cível e cri-
minal de forma a responsabilizar judicialmente os fornecedores de tais produtos e, desde já, aguarda que os demais fornecedores não sigam esta prática", sustenta a fonte.
A instituição ligada ao Ministério do Comércio exorta os consumidores a fiscalizarem o mercado, visto que "cada um de nós é um participe do bem-estar do colectivo, devendo assim, reclamar, denunciar e queixar sempre que vir o seu direito violado".
A logomarca é a apresentação gráfica do nome de uma empresa ou marca, que determina a sua identidade visual e tem como objectivo facilitar o seu reconhecimento.

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia