Economia

AGT cria cinco novos postos aduaneiros na Sétima Região

Armando Sapalo | Dundo

Jornalista

A Administração Geral Tributária (AGT) vai criar ainda este ano, mais cinco novos postos aduaneiros, na Sétima Região Tributária, que compreende as províncias da Lunda-Sul, Lunda-Norte e Moxico, com objectivo de aumentar o volume de arrecadação de receitas.

19/06/2021  Última atualização 21H29
Presidente do Conselho de Adimnistração da AGT, Cláudio do Santos © Fotografia por: EDIÇÕES NOVEMBRO

O facto foi anunciado nesta sexta-feira (19), no Dundo, na Lunda-Norte, pelo presidente do Conselho de Administração da AGT, Cláudio dos Santos. Acrescentou que as receitas anuais naquela região rondam os nove mil milhões de kwanzas.

Em declarações à imprensa no final do encontro com os contribuintes da Lunda-Norte , Cláudio dos Santos  lembrou que  as províncias do Leste partilham uma extensa  fronteira com a  República Democrática do Congo (RDC), cuja actividade  em termos de trocas comerciais são "bastante intensas”.

Claúdio dos Santos adiantou, igualmente, que está na forja o projecto de implementação de informatização nos postos fronteiriços de referência da região, com fito de aumentar as receitas tributárias.  

De acordo com o PCA da AGT, o sistema de informatização vai abranger os postos de Chicolondo e Furi na Lunda-Norte e Luau no Moxico, onde prevê a melhorias das condições tecnológicas e de infra-estruturas.

 

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia