Desporto

Adversário dos Palancas resgata treinador francês

António Félix

Jornalista

A selecção de futebol do Madagáscar, uma das adversárias de Angola no Grupo E, das eliminatórias de acesso à fase final da Taça de África das Nações, prevista para 2023, na Côte d´Ivoire, volta a contar com a orientação do técnico francês Nicolas Dupuis, para a campanha que arranca em Junho.

03/05/2022  Última atualização 11H40
© Fotografia por: DR

O vice-presidente da Federação Malgaxe de Futebol, Victorien Andrianony, revelou ao jornal L´Express de Madagáscar, que o técnico será coadjuvado pelo nacional Rabo Rosanaivo, no sentido de formarem uma selecção forte, que, diante de Angola, República Centro Africana e Ghana, garanta um dos dois lugares reservados ao Grupo, para a fase final do CAN de 2023.

 Nicolas Dupuis regressa ao comando da selecção um ano depois do seu afastamento, devido ao fracasso na campanha de apuramento ao CAN disputado de 9 de Janeiro a 6 de Fevereiro deste ano nos Camarões, ganho pelo Senegal.

Depois da sua saída, o comando da selecção esteve a cargo do ex-capitão do Paris Saint Germain (PSG), o malgaxe Eric Rabesandratana.

Nicolas Dupuis, quando orientou a selecção malgaxe, foi bastante elogiado por conduzi-la até aos quartos-de-final da Taça de África das Nações disputado em 2019, no Egipto.

 

Regresso à normalidade

O clima de crispação que vivia a Federação Malgaxe de Futebol terminou, finalmente, com a confirmação, no lugar, do presidente eleito, Victorien Andrianony.

A harmonia deveu-se à intervenção da Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA) que, caso a fricção se mantivesse, decretaria sanções contra a Federação Malgaxe de Futebol.

A nova realidade, segundo a imprensa local, servirá para ajudar a selecção nacional malgaxe a realizar uma campanha sem sobressaltos para o sonhado apuramento à fase final da Taça de África das Nações, prevista para 2023, na Côte d´Ivoire.

O Madagáscar integra o Grupo E das eliminatórias com Angola, a República Centro-Africana e Ghana que é, neste momento,  a 11ª melhor selecção de África segundo o ranking da FIFA.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Desporto