Cultura

Administradora do Andulo quer preservação cultural

José Chaves/Andulo

A administradora municipal do Andulo na província do Bié, Celeste Adolfo, pediu maior envolvimento das autoridades tradicionais nas acções que visam a preservação e a transmissão de valores morais e culturais.

12/11/2022  Última atualização 08H15
© Fotografia por: DR
Celeste Adolfo fez este apelo durante um encontro de Auscultação com as autoridades tradicionais, a quem solicitou um trabalho profundo no seio da juventude, para a promoção da cidadania, patriotismo e respeito pelos hábitos e costumes dos povos.

A responsável da circunscrição considerou, igualmente, fundamental um esforço conjunto entre a administração do município e as autoridades tradicionais na reactivação de jangos comunitários nas comunidades para servirem de centros de transmissão de conhecimentos.

"A  administração do município está aberta a apoiar todos os projectos que visam o resgate dos valores culturais, basta que  estejam bem estruturados e com metas definidas” sublinhou a administradora municipal do Andulo.

A população do Andulo é maioritariamente camponesa e está estimada em mais de 234 mil habitantes, dados do último censo, realizado em 2014. O Andulo tem quatro comunas, nomeadamente a sede, Calussinga, Chivaulo e Cassumbe.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura