Regiões

Administração vai reaver os espaços abandonados

A Administração Municipal do Cuito, no Bié, vai reaver os terrenos de cidadãos de vários estratos sociais abandonados e sem projectos de construção, segundo o administrador Avis Agostinho Vieira.

23/07/2019  Última atualização 10H07
Edson Fabrízio | Edições Novembro | Cuito © Fotografia por: Obras abandonadas servem de refúgio aos meliantes

“Actualmente, a Administração Municipal do Cuito está na fase de sensibilização, para despertar nos proprietários dos terrenos a necessidade de vedarem os espaços”, sublinhou o administrador, acrescentando que “a ocupação dos terrenos abandonados por meliantes tem criado transtornos aos moradores residentes próximo dos referidos espaços.”

O projecto de loteamento de terrenos no bairro Praia, ainda de acordo com o administrador, está em fase de conclusão, com a distribuição de dez mil lotes para as populações.
Avis Agostinho Vieira explicou que, no ano transacto, a Administração Municipal do Cuito distribuiu mais de três mil parcelas de terreno nos novos bairros Kaluapanda 1 e 2 e no bairro Caluco.
Em relação à gestão dos cemitérios, o administrador do Cuito disse que existem grandes problemas, devido à falta de funcionários de serviços comunitários. Segundo Avis Agostinho Vieira, algumas associações religiosas e civis, incluindo as Forças Armadas Angolanas, têm ajudado na manutenção dos cemitérios.
O administrador do Cuito disse, por outro lado, que 15 quilómetros de vias secundárias e terciárias foram asfaltados este ano, para melhorar a circulação rodoviária e a imagem da região. “Outros projectos de asfaltagem de vias secundárias e terciárias estão a ser analisados, com o objectivo de verificar os métodos e os bairros a serem beneficiados”, concluiu.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões