Regiões

Administração do Cuanhama rescinde contrato com empresas

Elautério Silipuleni | Ondjiva

Jornalista

A Administração Municipal do Cuanhama, no Cunene, rescindiu, ontem, contratos com as empreiteiras que estão a construir o posto de saúde da povoação da Bu-lunganga e as residências para professores e enfermeiros em Ondova, por in-cumprimento dos prazos contratuais.

01/06/2021  Última atualização 10H40
© Fotografia por: DR
De acordo com  a administrador do município do Cuanhama, José Kalomo, "neste momento já foram feitos novos procedimentos jurídico-legais para o prosseguimento com os novos empreiteiros”, a quem solicitou dedicação para a conclusão dos trabalhos nos prazos estipulados.Segundo José  Kalomo, "as empresas demonstraram incapacidade técnica na execução física das obras  e agora vão ser responsabilizadas judicialmente”.O responsável pediu aos novos empreiteiros "responsabilidade na execução das infra-estruturas, descartando a aceitação de desculpas  por atrasos dos trabalhos, "porque todas as condições já estão criadas”.  O município do Cuanhama tem disponíveis 179 milhões de kwanzas para implementação de oito projectos de impacto económico e social, inscritos no Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM). 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões