Cultura

Adelina Rosa coloca “Migalhas” nas bancas

O livro “Migalhas” da poetisa e declamadora Adelina Rosa, uma produção da Editora Massoma, é lançado amanhã, às 16h30, no auditório da Mediateca 28 de Agosto, no Largo das Escolas.

27/07/2021  Última atualização 08H15
© Fotografia por: DR
Segundo a nota de apresentação, em "Migalhas” a autora deixa escapar uma demonstração viva dos seus sentimentos, angústias e aspirações e nalguns o faz de uma forma bem subjectiva. Sendo a principal característica da poesia lírica a subjectividade, ela a representa falando directamente ao leitor. Assim, ao projectar-se na primeira pessoa, Adelina exibe na sua voz o seu "eu-lírico”.

A autora explora bem a sua liberdade não seguindo um arranjo gráfico preciso nem se sentindo obrigada a primar pelos poemas líricos de forma fixa, como quadra, balada, soneto ou outras não menos conhecidas. Abraça maioritariamente a linhagem da poesia livre, porém, primando sempre pela profundidade poética que surge naturalmente com o desbravar da inspiração sem deixar de lado, obviamente, a melodia e o ritmo que a caracterizam. Esse quesito é uma demonstração viva da sua herança como poetisa, reflectindo a genealogia das clássicas poetisas angolanas.

Adelina Rosa, conhecida como "Poetisa dos pés descalços”, é licenciada em Direito e Relação Internacionais, é Pós-graduada em Agregação Pedagógica, é funcionária do Ministério das Telecomunicações Tecnologias de Informação e Comunicação Social, é docente universitária e advogada.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura