Especial

Actor mata acidentalmente directora e fere realizador

O actor norte-americano Alec Baldwin matou acidentalmente a directora de fotografia do filme que estava a rodar, ao disparar uma arma de adereço que não devia estar carregada, afirmou, sexta-feira, a polícia local.

24/10/2021  Última atualização 09H09
© Fotografia por: DR
A vítima mortal foi identificada como Halyna Hutchins, de 42 anos, tendo os disparos ferido também o realizador do filme, Joel Souza, de 48, que, foi admitido na unidade de cuidados intensivos do centro médico Christus St. Vincent, nos arredores de Santa Fé, no estado do Novo México, sudoeste dos Estados Unidos.

Halyna Hutchins ,ainda foi transportada de helicóptero para um hospital próximo, mas "não resistiu aos ferimentos”, indicou o Departamento do Xerife do Condado de Santa Fé.

As vítimas foram atingidas quando "Alec Baldwin disparou uma arma de fogo utilizada para as filmagens” de "Rust”, tendo sido já iniciada uma investigação, de acordo com um comunicado do gabinete do xerife de Santa Fé.
O acidente ocorreu durante a tarde (hora local) de quinta-feira, no rancho de Bonanza Creek, onde estavam a ser filmadas várias cenas do 'western', do qual Baldwin era produtor e protagonista.

De acordo com os investigadores, que se deslocaram ao local, o incidente parece ter sido causado pela utilização, como adereço, de uma arma de fogo, disparada durante uma cena do filme.
"Os investigadores estão a analisar que tipo de bala foi disparada e como”, acrescentou o comunicado, sem referir quantos tiros foram disparados.

"Esta investigação permanece aberta e activa”, disse Juan Rios, porta-voz do gabinete do Xerife do Condado de Santa Fé, referindo que não foi feita nenhuma acusação relacionada com este incidente. As testemunhas continuam a ser entrevistadas pelos detectives, informou.

Em declarações à agência de notícias AFP, Rios fez saber que Alec Baldwin falou voluntariamente com os agentes da polícia que estão a investigar o caso.

O actor "prestou declarações e respondeu às perguntas [dos detectives]. Ele veio voluntariamente e deixou o edifício depois de” falar com as autoridades responsáveis pela investigação.

Foi revelada, entretanto, uma imagem de Alec Baldwin, aparentemente em choque e em lágrimas, enquanto falava ao telemóvel. A fotografia, publicada no site Santa Fe New Mexican, foi tirada por Jim Weber, tendo sido replicada por vários órgãos de comunicação social.

Acidente
Alec Baldwin recebeu a arma das mãos de um assistente de realização, que lhe disse que se tratava de uma "pistola fria”, expressão no cinema usada para dizer que está descarregada, segundo um documento judicial ao qual teve acesso o jornal ``Santa Fe Reporter.

Durante um ensaio, Baldwin disparou, ferindo Hutchins no peito e o realizador, Joel Souza, no ombro, mas este teve alta na quinta-feira, após ser atendido no hospital. O assistente de realização Dave Halls não sabia que o objecto continha munição real e indicou que foi descarregado gritando "arma fria!”, segundo os registos policiais.

Baldwin, de 63 anos, foi interrogado por detectives do condado de Santa Fé. O actor garantiu estar a cooperar totalmente com a investigação policial "para explicar como ocorreu essa tragédia”.

"Ele prestou as suas declarações e respondeu às perguntas. Veio de forma voluntária e deixou o edifício após o interrogatório”, informou à AFP o porta-voz do xerife, Juan Rios. Ninguém foi detido ainda, nem foram apresentadas acusações, informou o gabinete do xerife. Os investigadores estão a interrogar as testemunhas. As autoridades estão a fazer buscas no local do disparo. "Continuam com as investigações e os mandados de busca fazem parte disso”, disse Rios.
Um homem com "Coração partido”
"Meu coração está partido pelo seu marido, pelo seu filho e por todos que conheciam e amavam Halyna”, escreveu Alec Balwin, no Twitter.

"Não há palavras para expressar o meu choque e tristeza em relação ao trágico acidente que tirou a vida de Halyna Hutchins, uma esposa, mãe e colega nossa profundamente admirada.”

Hutchins, de 42 anos, era da Ucrânia e cresceu numa base militar soviética no Círculo Polar Ártico. Estudou jornalismo em Kiev, cinema em Los Angeles e foi nomeada uma "estrela em ascensão” pela revista American Cinematographer em 2019. Foi a directora de fotografia do filme de acção de 2020, Archenemy, dirigido por Adam Egypt Mortimer .

Esses incidentes em sets de filmagem são extremamente raros, embora as armas de fogo reais sejam frequentemente usadas em filmagens, mas são carregadas com cartuchos que criam um clarão e um estrondo sem disparar um projétil.
Em 1993, Brandon Lee - o filho de 28 anos da falecida estrela das artes marciais Bruce Lee - morreu no set, após ser acidentalmente baleado com uma arma de apoio, enquanto filmava uma cena de morte para o filme The Crow. A arma, por engano, tinha uma bala verdadeira carregada.
"Elenco e equipa ficaram devastados com a tragédia”
"Um porta-voz da produção do filme "Rust” fez saber, em comunicado citado pelo The Hollywood Reporter, que "todo o elenco e equipa ficaram devastados com a tragédia”, endereçando as mais sentidas condolências à família de Halyna Hutchins.

"Suspendemos a produção do filme por um período indeterminado e estamos a colaborar totalmente com a investigação do Departamento de Polícia de Santa Fé”, refere o documento, indicando ainda que vai ser prestado apoio a todos os envolvidos no filme. Notícia "devastadora” e "terrível perda”, referiu, em comunicado a International Cinematographer”s Guild.

"Os detalhes não são claros neste momento, mas estamos a trabalhar para saber mais e queremos uma investigação completa a este evento trágico”, afirmaram John Lindley e Rebecca Rhine, presidente e directora-executiva, respectivamente, desta associação que representa profissionais do mundo do cinema e televisão.
Nas últimas publicações no Instagram, a directora de fotografia Halyna Hutchins partilhou uma imagem da equipa de filmagens do "western” e um pequeno vídeo em que a vemos a andar de cavalo. "Uma das vantagens de filmar um 'western' é andar de cavalo no dia de folga”, escreveu.

Também nas redes sociais, são partilhadas reações à morte da directora de fotografia. "Notícias absolutamente horríveis e devastadoras sobre a cineasta Halyna Hutchins. O meu coração está com a família”, escreveu o actor e produtor Elijah Wood.
"O meu maior medo é que alguém seja morto num dos meus sets. Rezo para que isso não aconteça”, reforçou.

Os mandados de busca
Segundo a imprensa local, um juiz assinou os pedidos para recolher imagens, materiais e documentos das armas e da filmagem. O mandado de busca contém alguns detalhes relativamente ao disparo, revelando que os investigadores queriam examinar a roupa ensanguentada usada por Baldwin, assim como a arma que foi disparada, as outras armas de adereço e munições usadas na rodagem do filme 'Rust', assim como quaisquer filmagens que pudessem existir.
A arma disparada era uma de três colocadas num carrinho de adereços fora da capela de madeira onde a cena estava a ser representada, segundo os registos.

De acordo com o mandado de busca, Halls retirou a arma do carrinho e entregou-a a Baldwin, sem saber que estava carregada com cartuchos verdadeiros. Não há ainda certezas sobre quantos cartuchos foram disparados, tendo um invólucro sido retirado da arma depois do acidente, pela responsável pelo armeiro no local de rodagem, Hannah Gutierrez. A arma foi depois entregue à polícia quando chegou ao local.

Protestos
De acordo com o jornal Los Angeles Times, vários membros da equipa deixaram o set na quinta-feira, horas antes do incidente, em protesto contra as condições de trabalho, que incluíam longas jornadas. Citando fontes anónimas, o jornal noticiou que houve outros três disparos acidentais com armas cenográficas dias antes.

A equipa de filmagem teria reclamado que lhes foram prometidos quartos de hotel em Santa Fé, mas assim que as filmagens começaram, foram obrigados a conduzir 80 km de Albuquerque todas as manhãs.
A BBC obteve, entretanto, um documento mostrando quais os membros da equipa que deveriam estar no set naquele dia.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Especial