Política

Acordo com a França no sector cultural

Um acordo entre os Ministérios angolano e francês da Cultura foi assinado, quinta-feira, na Embaixada de Angola em Paris, pelo embaixador angolano, João Bernardo de Miranda, e pelo director-geral do Património e da Arquitectura francês, Jean-François Hebert.

06/09/2021  Última atualização 06H40
© Fotografia por: DR
Nos termos do acordo consta a doação, por parte do Estado angolano, de duas esculturas do século XVIII que se encontram nos jardins da Embaixada ao Palácio de Versalhes e que serão entregues, oficialmente, em Fevereiro de 2022, numa próxima visita à França do ministro da Cultura, Turismo e Ambiente, Jomo Fortunato.

Uma nota da Embaixada de Angola em França refere que ambas as esculturas vão sofrer trabalhos de manutenção e serão construídas duas réplicas que ficarão nos jardins da representação diplomática angolana.

Por sua vez, técnicos franceses de Museologia vão deslocar-se a Angola para dar formação, ao mesmo tempo em que técnicos angolanos da especialidade irão a Versalhes.

Na óptica da embaixada angolana, a parceria confirma, mais uma vez, a excelência das relações entre Angola e a França.


O acordo foi rubricado perante Claire Chastanier, da Direcção das Colecções dos Serviços Museológicos franceses; Mathhieu Berton, afecto aos Assuntos Internacionais e Multilaterais do Ministério da Cultura francês, e Guillemine Babillon, responsável para a área de África. Testemunharam, ainda, o acto, o embaixador de França em Angola, Daniel Vosgien, e diplomatas angolanos.



Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política