Regiões

Acima de mil crimes notificados no Zaire

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) registou, no Zaire, 1.956 crimes de natureza diversa, entre Janeiro e Outubro do presente ano, bem como a detenção de 1.774 cidadãos, 291 dos quais do sexo feminino.

30/11/2021  Última atualização 10H20
Serviço de Investigação Criminal aperta o cerco aos marginais © Fotografia por: EDIÇÕES NOVEMBRO
Segundo o director provincial do SIC, superintendente-chefe Armando Agostinho, dos 1.956 crimes registados no período em análise, 918 são contra o património pú-blico, 573 contra pessoas, 200 de natureza económica, 131 de sinistralidade rodoviária, 80 contra a ordem e tranquilidade públicas e 54 sobre narcotráfico. 

O responsável do SIC no Zaire referiu, ainda, que, dos crimes catalogados, 1.574 foram esclarecidos, assegurando, por outro lado, que a instituição continuará a trabalhar com dedicação, para que os prevaricadores da Lei possam ser detidos e responsabilizados criminalmente.

Por sua vez, o director provincial dos Serviços Prisionais, subcomissário-prisional Abraão Domingos, presente, igualmente, no acto do 46º aniversário do SIC, assinalado sábado, em representação do delegado provincial do Ministério do Interior e comandante provincial da Polícia Nacional, comissário Manuel Gonçalves, reconheceu os esforços que têm sido desenvolvidos por efectivos do SIC, que, mesmo com poucos meios, demonstram capacidade operativa, esclarecendo inúmeros crimes. 

"Em muitos casos os efectivos do SIC correm o risco de perder a vida, em defesa dos cidadãos”, lembrou Abraão Domingos, que, na ocasião, aconselhou os efectivos a apostarem na formação académica e profissional.  
À margem das comemorações do 46º aniversário do SIC, foram promovidos 115 efectivos aos graus de superintendentes, inspectores e agentes de investigação criminal.

 Kayila Silvina | Mbanza Kongo

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões