Regiões

Acidentes de viação provocam 38 mortes

Carlos Paulino | Menongue

Jornalista

Os 249 acidentes de viação registados de Janeiro a Outubro deste ano na província do Cuando Cubango deixaram 38 mortos, 347 feridos e danos materiais avaliados em mais de 21 milhões kwanzas.

23/11/2021  Última atualização 09H46
© Fotografia por: DR
A informação foi avançada, na cidade de Menongue, pelo chefe em exercício do Departamento Provincial de Trânsito e Segurança Rodoviária, inspector Felício Gaspar, por ocasião do Dia Mundial em Memória das Vítimas da Sinistralidade Rodoviária, assinalado domingo.


Explicou que, comparado com igual período de 2020, houve uma diminuição de 24 acidentes de viação, mas o aumento de nove mortes e 48 feridos preocupada as autoridades.


Acrescentou que a maior parte dos acidentes foram registados na Estrada Nacional 140, que liga o Cuando Cu-
bango à província do Bié, e na EN 280, no troço Menongue/Cuchi.


Apontou como principais causas dos 249 acidentes de viação o desconhecimento do Código de Estrada, com realce para o desrespeito ao sinal de trânsito, excesso de velocidade, não obediência ao sinal dos agentes reguladores, condução sob efeito de bebidas alcoólicas e não uso de dispositivos de segurança.

"Todos os cidadãos devem estar engajados na luta contra o desrespeito ao Código de Estrada, no sentido de reduzirmos o elevado número de pessoas que continuam a perder a vida nas estradas, principalmente por causa da irresponsabilidade de muitos condutores”, disse.


Por ocasião do Dia Mundial em Memória às Vítimas da Sinistralidade Rodoviária foi realizada uma exposição fotográfica, com viaturas e motociclos que espelham os graves acidentes que ocorreram na província do Cuando Cubango e que resultaram em mortes.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões