Regiões

Acidentes com minas preocupam MASFAMU

O Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher (MASFAMU), diz acompanhar "com preocupação" o aumento de acidentes com minas e outros engenhos explosivos não detonados, um pouco por todo o país, onde as principais vítimas são crianças.

22/02/2022  Última atualização 04H35
© Fotografia por: DR

De acordo com um comunicado distribuído, segunda-feira (21), à imprensa, só no último final de semana, registaram-se dois acidentes com minas, que resultaram na morte de cinco pessoas, sendo três crianças e dois adultos, fruto de negligência e desrespeito aos marcos de sinalização das zonas ainda minadas.

O primeiro acidente, segundo ainda o documento, ocorreu no dia 16 de Fevereiro, pelas 16h00, no bairro Neto, arredores da sede do município do Chitembo, na província do Bié que vitimou tio e sobrinho, nomeadamente Paulo Segunda, de 30 anos, e Moisés João, de 35 anos, que decidiram levar um obus de morteiro de 82 mm para as margens do rio Vihundo e, com uma serra, tentaram abrir o mesmo engenho, no intuito de extrair "mercúrio”. O resultado foi a detonação do mesmo, provocando a morte imediata dos dois.

O segundo aconteceu no dia 20 de Fevereiro, pelas 10h20, com uma mina anti-tanque, na comuna da Môngua, município do Cuanhama, província do Cunene, que envolveu três cidadãos que tiveram morte imediata. Trata-se de uma senhora e dois filhos de 11 e 6 anos, respectivamente, que se encontravam a trabalhar numa zona minada e sinalizada.

Tendo em conta o sucedido, o MASFAMU curva-se perante a memória das vítimas e endereça às famílias enlutadas os mais profundos sentimentos de pesar.

O MASFAMU aproveita o comunicado para reforçar o apelo sobre os cuidados que as pessoas e as famílias no geral devem ter no manuseamento de objectos estranhos, sobretudo metais, praticar agricultura em zonas sinalizadas com o perigo de minas ou não certificadas, como forma de se evitar acidentes e danos humanos.

Esclarece que o principal conteúdo dos engenhos é explosivo, substância bastante sensível ao choque ou pressão. "Nenhum engenho explosivo contém mercúrio", declara.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões