Desporto

Académica-Exército é a partida de destaque

Armindo Pereira

Jornalista

O jogo entre Académica de Luanda e o Desportivo do Exército, marcado para amanhã, às 15h00, no Pavilhão Dream Space, em Viana, é o destaque da primeira mão dos quartos-de-final da Taça de Angola em hóquei em patins sénior masculino.

14/10/2021  Última atualização 10H45
Estudantes orientados tecnicamente por Alberto Domingos “Jó” são os detentores do troféu © Fotografia por: Contreiras Pipa | Edições Novembro
A julgar pela prestação no Campeonato Nacional, os estudantes entram como favoritos na eliminatória, pois possuem um grupo mais homogéneo, composto por jogadores que podem fazer a diferença, com destaque para o avançado Fábio Faria, melhor marcador do Campeonato Nacional, com 20 golos.

 Ciente de que terá pela frente uma equipa aguerrida, o técnico do Exército, Paulino Baião "Legas”, orienta hoje, o último treino táctico no palco da partida, para aprimorar a componente ofensiva e defensiva bem como procurar anular os pontos fortes dos comandados de Alberto Domingos "Jó”.    

À mesma hora, no Namibe, o Petro de Luanda defronta o Atlético local, no Pavilhão Welwitschia Mirabilis. Com maior ou menor dificuldade os tricolores vão certamente garantir a vitória que deixará os pupilos de Inácio Santos "Mamã”, próximos da fase seguinte, pois o adversário tem objectivos modestos na presente época.

Para acautelar questões administrativas, a equipa da capital vai realizar as duas partidas no Namibe, sendo que todos os desafios da segunda mão acontecem no sábado, de acordo com o calendário da Federação Angolana de Patinagem (FAP).

Ainda no mesmo dia, jogam igualmente, 1º de Agosto - Desportivo da Marinha, às 16h30, no Pavilhão Dream Space, em Viana. O objectivo dos militares é repetir a proeza do nacional e levar a melhor sobre os marinheiros. No entanto, resta saber que  argumentos tácticos terá a equipa de Jany Freitas para contrariar o adversário com a melhor defesa.

Duas horas mais tarde, no mesmo recinto, o Hóquei Clube Geninhos recebe o Sagrado Coração, num desafio de prognóstico reservado face o equilíbrio entre os dois plantéis.       
A Académica é a detentora do troféu, taça conquistada em 2019, após derrotar, na final, por 6-4, o Petro, em desafio disputado no Pavilhão Anexo II da Cidadela. O referido troféu foi ganho pela sexta vez consecutiva pelos estudantes.


Petro e Atlético acertam hoje o calendário
O Petro de Luanda pode consolidar, hoje, com 14 pontos, a terceira posição no Campeonato Nacional sénior masculino de hóquei em patins, caso vença o Atlético do Namibe, com quem joga às 15h00, no Pavilhão Welwitschia Mirabilis, em partida de acerto do calendário.

Por questões administrativas, os tricolores não conseguiram se deslocar àquela cidade, para disputar o jogo da terceira jornada. As duas agremiações chegaram a acordo e acertaram fazê-lo agora.
Apesar do empate a cinco bolas, frente à turma do Eixo Viário, desafio pontuável para a sexta jornada do Campeonato Nacional sénior masculino de hóquei em patins, disputada no último final de semana, a Académica, também da capital, consolidou a liderança  com 16 pontos.

Em seis partidas, a equipa liderada por Alberto Domingos "Jó" soma cinco vitórias e um empate.
O 1º de Agosto surge na posição seguinte, com 14, fruto de quatro vitórias e dois empates. Os militares têm a defesa menos batida (11 golos sofridos) e o segundo melhor ataque (50), menos dois que a Académica, no topo da artilharia.

Em caso de vitória, o Petro alcançará o arqui-rival em termos pontuais mas vai manter-se na terceira posição. Os petrolíferos levam três vitórias e dois empates, em cinco partidas. No ataque concretizou 37 e sofreu 19 golos.

O Geninhos ocupa o quarto lugar, com 11 pontos, Sagrado Coração tem seis, e é quinto, ao passo que o Exército surge uma posição abaixo, com três. A sétima e oitava posições são ocupadas pela Marinha (três) e Atlético do Namibe (um).


Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Desporto