Sociedade

Aberto inquérito para apurar morte de paciente no Hospital Geral de Luanda

JA Online

O vice-governador provincial de Luanda para o Sector Económico, Gilson Carmelino, informou, sexta-feira, que foi criada uma comissão de inquérito, para apurar as circunstâncias da morte da paciente Angélica Morais, que supostamente tenha morrido por negligencia, no Hospital Geral de Luanda.

03/12/2022  Última atualização 00H12
© Fotografia por: CEDIDA

Em conferência de imprensa, o vice-governador disse que a comissão criada para averiguar as circunstâncias do infortúnio integra responsáveis do Ministério da Saúde e do Governo Provincial de Luanda.

Segundo a directora clínica Ana Araújo, a malograda deu entrada, quinta-feira, no período da manhã, nas urgências, via transferência de outra unidade de saúde, com antecedentes de hipertensão arterial, com um quadro clínico grave, descrito como uma doença cérebro-vascular em fase aguda.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade