Cultura

“A Vila Assombrada pelos Makixi” em Lisboa

Katiana Silva

Jornalista

O romance “A Vila Assombrada pelos Makixi”, do escritor angolano Lucas Cassule, é um dos títulos da literatura angolana presente na 94ª edição da Feira Internacional do Livro de Lisboa, que decorre desde 29 de Maio e se estende até 16 deste mês.

10/06/2024  Última atualização 10H07
© Fotografia por: DR

Disponível nas principais livrarias de Portugal desde Setembro do ano passado, a obra foi reeditada pela editora portuguesa Cordel de Prata.

"Ainda não fizemos a sessão de apresentação, mas estamos a trabalhar para que o evento aconteça ainda este ano em Portugal. Essa edição portuguesa combina as duas partes da história, publicada em Angola em dois livros diferentes”, explicou o escritor.

Lucas Cassule manifestou que a presença nesta importante feira da lusofonia é um grande passo na internacionalização da sua obra. O escritor entende que o caminho ainda é longo, mas espera contar com a ajuda dos angolanos e de todos os falantes da língua portuguesa na valorização das obras literárias dos escritores da nova geração. O escritor revelou que tem na forja uma obra infantil para ser lançada no próximo mês, em Luanda, intitulada "Adriana, a Borboleta de Vidro”. A mesma obra também estará disponível na plataforma digital Amazon, para quem estiver fora do país.

"É a minha estreia na literatura infanto-juvenil. Além do pendor criativo e educativo do conteúdo, contou também com a ilustração do talentoso Altino Chindele. Espero que consiga atingir todas as expectativas, tanto dos adultos quanto dos mais pequeninos”, manifestou.

Lucas Cassule nasceu no Bengo, a 6 de Julho de 1986. Licenciado em Engenharia Informática, é escritor e editor. É autor dos livros "A Vila Assombrada pelos Makixi”, "Afroerotismo em Contos”, "Mil Correspondências” e co-autor de diversas obras publicadas em Angola, Portugal e Moçambique. Tem diversos contos publicados no Jornal Angolano de Artes e Letras "CULTURA”, título da Edições Novembro, no portal de literatura angolana "Ésobreler”, no portal brasileiro Crónicas Cariocas e no seu blog. Escreve em prosa, poesia, crónicas e pensamentos. Em 2022, foi homenageado pela Africa Honoree Author, na conferência de Génesis, Firemont, em Johanesburgo, pelo seu contributo à literatura angolana e ao resgate e promoção dos valores culturais africanos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura