Sociedade

A palavra à EPAL-EP

A Empresa Pública de Águas, EPAL-EP, tomou conhecimento de uma notícia publicada no Jornal de Angola, no dia 23 de Julho do ano corrente, na página 24 da secção Sociedade, com o título “Altas tarifas de água deixam consumidores agastados”.Perante o exposto, vimos junto de V. Exas. esclarecer o seguinte:

23/09/2018  Última atualização 11H36
Edições Novembro

1- O novo tarifário plasmado no Decreto Executivo Conjunto nº 230/18 de 12 de Junho de 2018 será aplicado na facturação do consumo do mês Julho, cujo processamento está previsto para os primeiros dias do mês de Agosto. Nesta perspectiva, são injustificadas as informações publicadas no vosso jornal sobre a incidência do novo tarifário nas facturas da EPAL-EP.
2- Os moradores da Centralidade do Kilamba têm uma facturação com base na leitura de contador. Na ausência de leituras, por falta de acesso ao edifício ou aos armários de contadores, recorre-se à média de consumo, que é ajustada logo que se consiga efectuar a leitura. Nestes casos o acerto pode resultar em débito, “se o consumo registado no contador for superior aos valores facturados”, ou crédito, “se o consumo registado no contador for inferior aos valores facturados.”
3- A facturação da Centralidade do Kilamba diferencia-se das outras zonas, devido à cobrança da Taxa de Saneamento, resultante dos serviços prestados na Estação de Tratamento de Águas Residuais existente na Centralidade.
4- Para o tratamento de reclamações e eventuais esclarecimentos, a Centralidade do Kilamba dispõe de uma Agência Comercial na rua Amílcar Cabral nº 198 B, quarteirão L, um posto de cobrança no Xyami Centro Comercial e um posto móvel no quarteirão W, junto ao edifício nº 11.
5- O jornalismo pauta-se pelo princípio do contraditório, motivo que nos leva a convidar a imprensa a fazer o seu papel de clarificar e manter rigorosa a informação que prestamos com verdade, porque tal nos é exigido.
O Conselho de Administração da EPAL-EP, ciente do compromisso que tem, continuará a trabalhar para melhorar o abastecimento de água à província de Luanda.


Direcção de Comunicação e Marketing, em Luanda, 14 de Setembro de 2018.
                                                
        O director
 Domingos Paciência

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade