Mundo

28 mil pessoas desalojadas

Cerca de 28 mil pessoas ficaram desalojadas na República Centro-Africana após a maior inundação dos últimos 20 anos, revelou ontem a Cruz Vermelha, um incidente que o Governo classificou como “um grande desastre natural”.

30/10/2019  Última atualização 18H15
DR

As cheias são uma combinação das chuvas que caíram sem parar durante uma semana e a inundação do rio Ubangui e afluentes, que transbordaram pela última vez há uma década.
“A última avaliação revelou 28 mil pessoas sem-abrigo” em todo o país, afirmou o pastor e presidente da Cruz Vermelha da República Centro-Africana, Antoine Mbaobogo, à agência France-Presse, acrescentando que “há muitas casas destruídas e bairros submersos”.
Na capital, Bangui, residência de cerca de um milhão de habitantes, bairros inteiros transformaram-se
em pântanos.
A fonte acrescentou que há casas de terra que “literalmente derreteram debaixo de água e os táxis trocaram de lugar com as canoas para transportar pessoas para determinados sítios”.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo